sábado, 24 de novembro de 2007

Lagoas das Flores [estão] eutrofizadas, resposta do Governo remete para 2015

Não são apenas as lagoas de São Miguel que estão em perigo. Mas tal como cá [em São Miguel], a morosidade burocrática define o processo de recuperação.

As lagoas [da ilha] das Flores estão em avançado estado de degradação, correndo o risco de ficarem todas eutrofizadas a breve trecho. Em resposta a um requerimento do deputado do PSD daquela ilha [António Maria Gonçalves], sugestivamente intitulado "As lagoas das Flores estão a morrer?", o Governo [Regional] confirma a preocupação: desde 2004 que já se sabe que a Lagoa Funda está em estado eutrófico, que as Lagoas Rasa e da Lomba estão em estado mesotrófico, e que a Lagoa Comprida está em estado oligotrófico – e que ainda não existem dados sobre as Lagoas Negra e Branca, porque os resultados das análises, entregues em Abril de 2007, ainda estão a ser analisados.

Segundo o requerimento [do deputado António Maria Gonçalves], a situação perigosa das lagoas [da ilha das Flores] já é conhecida há mais tempo. Um relatório realizado pelo INOVA [Instituto de Inovação Tecnológica dos Açores] para a Direcção Regional do Ordenamento do Território e Recursos Hídricos [DROTRH], relativo aos anos de 1996 a 1998, já refere que "a utilização da bacia hidrográfica [da Lagoa Funda] como pastagem, parece contribuir para alguma deterioração dessa lagoa na sua composição físico-química", reconhecendo já que "a qualidade ecológica e química da água dessa lagoa é baixa" e que "os vários parâmetros analisados e a reduzida transparência da água indicam já uma situação de hipertrofia com proliferação de cianobactérias do género Anabaena, com elevada carga nutritiva e parece padecer de um fenómeno de eutrofização natural". O relatório [do INOVA] aconselha também que "deveriam ser tomadas medidas a curto prazo para se definirem as causas do fenómeno e promover análises às linhas de água efluentes à Lagoa [Funda] dada a lixiviação de nutrientes para aquela bacia hidrográfica".

Desde então, a actividade governamental tem-se cingido a algum trabalho burocrático sem qualquer intervenção directa no problema, como reconhece a resposta oficial [por parte do Governo Regional].
"Nos termos do artigo 5° da Directiva Quadro da Água, a DROTRH procedeu à caracterização da Região Hidrográfica do Arquipélago dos Açores, apresentada à Comissão Europeia no âmbito do Relatório Síntese da Caracterização da Região Hidrográfica do Arquipélago dos Açores, em Agosto de 2006". Mas reconhece desde logo limitações financeiras: "a DROTRH está a implementar a rede de águas interiores da Região Autónoma dos Açores, de forma faseada, devido ao esforço financeiro e de recursos técnicos específicos que [isso] exige".

Quanto à situação [na ilha] das Flores, diz o Governo [Regional] que "a DROTRH já possui os dados analíticos da Universidade dos Açores [UAç] e do INOVA, referentes às campanhas de mostragem de 2004/2005 e de 2006/2007 e já solicitou à UAç e ao INOVA a apresentação de novas propostas para dar continuidade aos programas de monitorização (campanhas 2007/2008)". E que o mesmo organismo "celebrou um protocolo com a Secretaria Regional da Agricultura e Florestas, em Junho de 2006, designado «Apoio à implementação dos programas de acção decorrentes da designação de zonas vulneráveis» com o qual se pretende executar a monitorização do estado de qualidade das massas de água inseridas em zonas vulneráveis".

Mas o Governo [Regional] também não se compromete, e parece até estar a adiar a solução do problema, quando afirma que a Directiva da Água, que é de 2006, refere que "o estabelecimento dos programas de medidas deverão estar estabelecidos o mais tardar nove anos a contar da data de entrada em vigor da presente directiva", dizendo que "deverão ser elaborados os programas de medidas de que as massas de água deverão ser alvo para atingirem o bom estado de qualidade, em 2015".

O presente artigo de opinião [acima transcrito] é da autoria de Manuel Moniz, tendo sido (originalmente) publicado n[a edição de ontem d]o «Diário dos Açores», jornal do qual é subDirector.
Saudações florentinas!!

35 comentários:

Anónimo disse...

A prioridade é fazer obras de fachada , como estradas, portos e hoteis. Cuidar dos recursos naturais é sempre secundario.
A isto chama-se governar à vista, sem conseguir perceber e planear o futuro.

Anónimo disse...

Se sobessem planear o futuro, não construiam aquele mamarracho no Boqueirão

Anónimo disse...

Voces conseguem criticar tudo ,até as estradas,que faziam muita falta.Depois não se admirem se perdem todo o crédito.

Anónimo disse...

O Governo Regional do Sr.César é que está complentamente eutrofizado.
Os capangas de cá já não vêm um boi à sua frente.

Anónimo disse...

eu sou florentino mas tenho um desgosto grande em o ser voces nao merecem nada sao uns porc... mal agradecidos. agora ja nao sao as estradas que estao em prerioridade? mas sim uns buracos com agua que chamao de lagoas!

Anónimo disse...

Este último anónimo é uma besta.Chamou "buracos com água" às nossa lagoas que são um dos nossos ex-libris e um cartaz turístico apreciado por todos.
É bom que haja boas estradas mas temos de preservar as nossas riquezas naturais.

Anónimo disse...

Buracos com água? Que falta de consciência. Chamar-lhe besta é pouco. Acredito que essa criatura terá, com certeza, alguns "buracos" na cabeça. Só que estes estão cheios de outro material que não água...

Anónimo disse...

O anónimo de 24NOV07 21H47 deve ter na cabeça um autêntico "buraco negro".Deve ser chuchialista.Já se sabe...

caldeira funda disse...

as lagoas,estão a ficar da mesma cor da "tinta"
Proíbam-se certas "cores".

Anónimo disse...

É verdade.A tinta ocre está estragando tudo o que havia de bom nas Flores.
É preciso mudar a tinta e a respectiva marca.

Anónimo disse...

já estão a mudar o assunto mas que porra há na cabeça destes moços que ainda andam de fraudas por isso não sabem o que escrevem o melhor é pegarem no biborão e chucharem e dormirem um sono.

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Anónimo disse...

associacao agricola levou pessoas santa maria congresso carne que nao tinhao uma vaca sequer ate vai mulheres dos directores todas as vezes isto esta bom senhor secretario .pense duas vezes antes mandar dinheiro pra est gente merda

Anónimo disse...

tintas triunfante é a melhor pintas
branco fica vermelho

Anónimo disse...

Em Santa Maria no Congresso da Carne comeram bons bifes.Alguém pagou....

Anónimo disse...

mas para que é que te preocupas com os outros é inveja trabalha malandro.

Anónimo disse...

Eu trabalho mas não fui a Santa Maria comer à custo dos contribuintes.

Anónimo disse...

então é inveja. eu também não fui nem me preocupo com a vida dos outros.

Anónimo disse...

e os buracos com água?ha ha ha

Anónimo disse...

não te preocupas mas és um bom mamão.todos os meses o cacau tá sempre a cair e tu não mexes uma palha...

Anónimo disse...

eu trabalho é bastante assim que tiveres tantos calos como tenho nas mãos de cavar todos os dias já fizeste alguma coisa.

Anónimo disse...

calos a fazer todo o dia e a jogar às cartas no botequim do alberto...

Anónimo disse...

o renato esteve hoje a falar com o césar e o problema das lagoas vai ficar resolvido...até penso que vai coligação ...desde que a tinta desapareça....

Anónimo disse...

então,é o moço do roque que vai gerir o hotel,???
kkkkk

pide disse...

Estes requerimentos do deputao do PSD são mesmo para nos vermos que realmento o homem trabalha, faz lembrar a expressão "falam falam mas não dizem nada", no entanto reconheço que o assunto é pertinente, mas com a azafama que ele anda para voltar a ser candidato tem que mostrar alguma coisa. mas já agora a primeira coisa que ele devia fazer era passar um puoco mais de tempo nas Flores e inteirar-se dos problema das pessoas para depois não andar perdido a procurar que alguem lhe diga o caminho que tem que seguir.

Anónimo disse...

muito bem dito...

Anónimo disse...

E os deputados do PS?O que fazem pelha Ilha?Comer e boer?

Anónimo disse...

é so ppoolliittiiccaa ja mete nojo

Pelas flores... disse...

Realmente o mundo da politica mete nojo , lá isso é verdade...e aqui mais acima critica-se o deputado Antonio Maria que nada faz , mas isso afecta tambem os dois gringos de santa cruz que tambem nao fazem puto pela ilha ! na altura das eleições é que fazem que conhecem as pessoas...mas querem é mamar ! Só metem o nariz onde não são chamados...já para não falar nas "bacoradas" que aquelas 2 criaturas deitam todo dia bela boca fora..."CROMOS EDUROSA"

Anónimo disse...

Ó pessoal,o o blogue FÓRUM ILHAS DAS FLORES, está de parabéns.
No blogue da Ilha de SANTA MARIA este Fórum foi escolhido como um dos melhores setes blogues dos Açores.
Vamos lá cuidar deste blogue, sua cambada.

Anónimo disse...

Temos um assunto mais urgente para resolver: é a eutrofização do cerebro do presidente da câmara.E parece ser contagioso.

Anónimo disse...

É por isso que já não passo na rua da câmara....tenho mulher e filhos para sustentar....

Anónimo disse...

É sempre a mesma coisa,falar mal da camara ou então dos deputados, pela coisa mais pequena que fazem é so criticar mal, criticar bem não precisa, só quando chega aos votos querem que eles lhes ajudam com matériais.

Anónimo disse...

Este deve ser deputado...ou parente...para vir aqui defender essa escumalh@..!

Anónimo disse...

Muitos deles já estão com as calças na mão....Só vão estar lá mais uns mesezinhos...