quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Erros nas contas das Câmaras açorianas

As contas apresentadas pelas 19 Câmaras Municipais dos Açores continuam a apresentar vários erros. Esta foi a conclusão a que chegou o Tribunal de Contas, depois de mais uma auditoria à aplicação do POCAL (o plano de gestão financeira destinado às autarquias). À data da auditoria, alguns municípios açorianos nem apresentavam um equilíbrio corrente das suas contas.

O Tribunal de Contas já tinha feito uma auditoria, há 5 anos, para avaliar o grau de aplicação do POCAL nas Câmaras Municipais dos Açores, e decidiu agora voltar à carga, para saber até que ponto as recomendações feitas nessa altura, foram ou não acatadas.

A nova auditoria foi realizada às contas dos 19 municípios dos Açores referentes a 2008, mas os resultados não foram animadores. Embora a situação tenha melhorado, o Tribunal de Contas continua a verificar muitas falhas na gestão do programa de contabilidade por parte das autarquias.

Há Câmaras Municipais, por exemplo, que à data da auditoria não cumpriam o princípio do equilíbrio corrente, como era o caso do Nordeste, Praia da Vitória, Santa Cruz da Graciosa, Calheta, Horta e Corvo. Além disso, nem todas as autarquias tinham registado, nessa altura, todos os imóveis do seu património, o que, na prática, poderia prejudicar os dados contabilísticos.

Havia também demonstrações financeiras que não revelavam dados sobre os compromissos assumidos pelas autarquias, através das respectivas empresas municipais. Não admira, por isso, que os auditores externos tenham manifestado, na sua maioria, reservas na certificação das contas dos municípios.

Apenas os auditores das contas em Ponta Delgada, Ribeira Grande e Nordeste não manifestaram reservas, ao contrário do que aconteceu em 10 municípios. Em Santa Cruz da Graciosa, o auditor externo até apresentou uma opinião contrária às contas do município, e em Santa Cruz das Flores, o auditor simplesmente declarou ser impossível emitir opinião sobre as contas do balanço e demonstração de resultados.


Notícia: RTP/Antena 1 Açores e rádio Atlântida.
Saudações florentinas!!

40 comentários:

DR.PARDAL disse...

Em Santa Cruz o auditor benzeu-se e nem sequer teve coragem de lavrar um parecer.

Ele deve ter ficado impressionado com uma autarquia que paga a um dia...conforme uns idiotas de Lisboa anunciaram há uns meses!

Anónimo disse...

Se se paga com prazos longos, logo gritam a vergonha e, de bocarra aberta, berram: «o estado deve dar exemplo».

Se se paga a pouco tempo, «causa impressão» e é sinal de idiotice.

Este pardal é cá uma «brindeira de pão de milho».
Só visto.

António Lobo disse...

De facto há que corrigir e banir da gestão autarquica algumas práticas menos claras que levam a algumas tomadas de posição/decisão que por vezes levantam algumas suspeições e colocam em causa a idoneidade dos autarcas. Nos dias que correm, e face à actual imagem criada em torno dos autarcas e politicos em geral, as autarquias devem ter um gabinete juridico cada vez mais activo e participativo no enquadramento legal dos actos de gestão. Uma lacuna que também se verica é a ausência de um auditor interno para verificação da conformidade das acções da gestão, de forma a facilitar o trabalho dos auditores externos e a tornar transparentes os actos de gestão praticados,disponibilizando assim respostas às questões levantadas pelo cidadãos de forma a que estes comecem a acreditar um pouco mais naqueles em quem é depositada a confiança/responsabilidade de gerir uma fatia muito importante das nossas vidas e do nosso futuro.
Para que possamos voltar a ouvir apenas o canto dos pardais nos telhados e chaminés, como colaboração construtiva que para uma sociedade cada vez mais justa.

António Lobo disse...

Um pouco fora do contexto do tema desta notícia, gostaria de partilhar com os "blogonautas" florentinos, algo que me anda a preocupar à algum tempo e sobre o qual deviamos párar e refletir um pouco. Tem a ver com o actual momento de crise mundial-nacional-regional. A frágil economia da Ilha começa agora a sentir de forma mais visivel os efeitos da crise, e meus caros concidadãos o panorama não é nada animador! porque o pior ainda está para vir (oxalá esteja enganado).

DR.PARDAL disse...

O Dr. Pardal realmente fica impressionado quando vê «muito queijo por um escudo».

O tal doutor da mula ruça que afirmou que o prazo médio de pagamento da autarquia era de 1 dia (um dia!) é que deve ser uma bela «brindeira de pão de milho» ou, o mais certo, uma admirável cabeça de mogango!

Anónimo disse...

O saco côr de rosa da camara de santa cruz será a salavação!! Quem vos disse que a Camara de Sta Cruz das Flores não tem auditor interno? Realmente vocês não sabem o que acontece nos bastidores do vosso concelho!! Bem meus amigos o tal auditor é um senhor do continente, aposentado, a que chamam sr. dr. que faz auditoria ao centro de saúde, castanheira e camara municipal. Informem-se antes de escreverem aqui asneiradas e verifiquem quanto paga a autaraquia a esta familia nas suas deslocações e honorarios. Depois não digam que a crise chegou às Flores, muito pelo contrário!!! A referida "empresa" encontrou uma mina de euro nas Flores!!

Anónimo disse...

O cabeça de abóbora pardal - rei do hallowin florentino - acredita numa camara, vá-se lá saber porquê, mas não tem fé na outra.
É devoto da que prega calotes, pagando no prazo de anos e abomina a que paga em dias, cumprindo a sua obrigação.

Outra criatura anónima, a destilar veneno pelos poros, rebela-se contra um auditor, porque «enriquece nas Flores». E se não for este, porque ele não gosta, quem será?
Perguntem-lhe que ele revela o seu gosto.
É cada batata doce.

Anónimo disse...

adoro destilar veneno por isso é que vos digo vocês tem aquilo que merecem! Continuem assim que vão chegar longe, hehehehhehehehe... Ignorantes!
O pereira já devia estar na gaiola há muito tempo, aquele tipo não passa de um mafioso amador e ignorante!
Adoro destilar veneno, se o meu veneso mata-se só com o olhar já muita gente nesta terra estava morta...

António Lobo disse...

Senhor(a) anónimo - 11 de Novembro de 2010 20:30, pelas suas palavras, fico com a ideia que se trata de uma pessoa mais ou menos bem informada, mas com má formação. As suas declarações não revelam respeito pelas ideias dos outros, e pior que isso, o conteúdo do que escreve não tem um único sentido construtivo. De acordo com a informação que dá fico agradado por saber que existe um auditor interno, embora coloque algumas reticências quanto aos resultados práticos do seu trabalho. Contudo, e por me considerar um individuo insuficientemente informado para tecer juizos de valor, resta-me continuar a manifestar as minhas preocupações em relação à economia da Ilha e aos problema sociais associados, depositando confiança e acreditando que as pessoas com responsabilidades de tomada de decisões continuem empenhadas e determinadas em dar o seu melhor em prol dos nossos problemas . Desemprego, empresas locais com graves problemas de tesouraria, ordenados em atraso, e outros problemas sociais que em nada contribuem para a melhoria da qualidade de vida dos florentinos.

Anónimo disse...

Caro anónimo de 11 de Novembro das 20:30, o senhor(a) tem toda a razão, essa "empresa" encontrou a mina de ouro nas Flores. Essa dita "empresa" até já contrata funcionários para trabalharem para a câmara a recibo verde, já que a câmara não tem como os contratar, então essa "empresa" serve para tudo, serve de auditoria e também possui animadores. É o cumulo, ao que chegamos!
E ainda falam de crise! Onde é que ela está? Não é nas Flores!

Anónimo disse...

Supostas denuncias vindas de cobardes anónimos valem esterco.

Qualquer Camara, qualquer empresa, qualquer departamento governamental sujeita-se a auditores. Porque lhes garante segurança nas contas e correção nos procedimentos.
É assim em todo o lado.
Contudo, há sempre ronhas atrapalhados, filhos da crapulice, que pela calada e sob anonimato, tentam minar a confiança, qual ratazanas assanhadas de esgoto.
Merecem tanto crédito como o naião da Calçada Branca.

Anónimo disse...

á camara de santa cruz nao á nenhuma parecida. Não faltam obras , empregos, actividades de cultura contas direitas , gente onesta. O dr pardal queria era ir para lá trabalhar, mas mesmo o pereira já disse e muito bem aquele gajo vive á custa da mãe e nunca fez nada capaz na vida e ainda por sima pença que é alguem

DR.PARDAL disse...

Bem sei que o Dr.Pardal não é muito apreciado aqui por estas bandas, principalmente nos círculos ligados às máquinas da teta pública.

O Dr. Pardal vai estar sempre atento às manobras de diversão e de manipulação dalguns «espertalhotes».

Quando foi referido pelo signatário que era uma «bobagem» publicitar que o prazo médio de pagamento da câmara era de 1 dia, isso corresponde à realidade, pois para quem conhece os procedimentos da contabilidade pública sabe que isso é impossível de verificar-se.

Mesmo que alguma autarquia estivesse com os cofres a abarrotar de dinheiro (que não é o caso da esmagadora maioria das câmaras portuguesas e açorianas...), a maior parte dos pagamentos obedece a determinados procedimentos legais de verificação e confirmação.

Comprar e pagar na hora ou no mesmo dia nem nas tasquinhas das poças!

DR.PARDAL disse...

Quanto ao comentário produzido pelo «cabeça de mogango» das 22:44 do dia de S.Martinho, certamente já bem aviado, o Dr. Pardal informa com toda a sobriedade que é munícipe de Santa Cruz e não das Lajes, pelo que conheço melhor a realidade do meu concelho do que a do concelho vizinho.

Em todos os concelhos há altos e baixos a considerar. No entanto, o que constato «in loco» é que o concelho vizinho, embora mais rural, anda sempre limpo e asseado e dá trabalho a muita gente, optando por adminstração directa de muitas obras e beneficiações no lugar de dar o «ouro ao bandido».

Ainda foi no pretérito mês de Junho que a comunicação social do país e da região - à qual este Fórum fez eco - noticiou que o concelho vizinho estava entre «os 30 melhores munícipes de pequena dimensão em termos financeiros».

Embora este indicador não seja sinal de gestão de excelência, contudo devemos admitir que há temperança, frugalidade e prudência na gestão dos «dinheiros públicos».

Aliás, o Dr.Pardal é um acérrimo defensor do aforismo: «quem não tem dinheiro não tem vícios».

Felizmente as câmaras das Flores estão longe da «performance» financeiramente aterradora dalgumas suas congéneres açorianas, que consolidando as suas contas com as respectivas «empresas municipais» sob a sua tutela, atingem rácios de endividamento e de sustentabilidade financeira muito preocupantes.

Algumas câmaras (como é o caso da Povoação e Vila Franca do Campo) ou já faliram ou estão em vias disso. Outras, como Angra, Ponta Delgada, Lagoa e Praia da Vitória (todas elas com «estratégicas» empresas municipais a enfeitar o ramalhete) têm dívidas de muitos milhões e que vão onerar os orçamentos dos próximos anos.

Bom autarca não é aquele que promove eventos, palhaçadas, petiscadas e obras de fachada.

Bom autarca é aquele que cuida das nacessidades básicas do seu município, desde as coisas mais básicas: água, lixo, caminhos, valetas, jardins,etc até à preservação do património construido.

Quanto a um outro cavalheiro de «sima» e que vem defender a «gente onesta» do nosso município, o Dr. Pardal comunica «urbi et orbi» que «pença» pela sua cabeça e não precisa nem do «pereira» nem de qualquer outra ave de arribação que abunda nesta vila sob a administração de forasteiros.

Anónimo disse...

São opiniões, feitios e gostos para tudo.
À frugalidade, a ruralidade medieva e algumas formas monásticas de viver, não interessam aos meus 27 anos.
Quero mais, porque já tenho um filho e gostava que ele vivesse numa terra que foi dos seus antepassados, mas que temos obrigação de a deixar com futuro.

O mundo está cada vez mais aberto, e a globalidade dos mercados dita concorrência. Se a limitar-mos aqui, porque o «ouro não deve ir para o bandido», resignamo-nos a ter maus serviços (como infelizmente sabemos que são prestados)e quem os presta, porque está protejido, nunca os melhora nem atinge o patamar da qualidade.
O concelho onde vivo - Santa Cruz -arrancou nos ultimos anos de um marasmo secular.
Esse impulso tem duas componentes fundamentais: uma visivel, correspondente às infraestruturas que foram criadas e que tem imprimido dinamica à vida económica das Flores, nomeadamente ao turismo, e uma pouco visivel assente na aposta na formação que só no futuro dará resultados.

A educação à qual estou profissionalmente ligado, é fundamental para o nosso desenvolvimento. E é uma área que tem levado uma volta de 180º nos Açores para melhor, de forma silenciosa. É uma prova de que quanto maior o peso tecnico de quem decide, e menor o politico, melhores são os resultados.

Anónimo disse...

a verdade é que o concelho de santa cruz está entregue a um incapaz de nome pereira! Este tipo a melhor coisa que sabe fazer é: mexiricar e mentir...urrra...

Anónimo disse...

O anónimo do dia 13 das 09h59 deve viver no concelho de santa cruz da Graciosa, só pode! Relativamente ao restante conteúdo partilho da sua opinião.

DR.PARDAL disse...

Complementando o comentário do ilustre colega das 20:08, até julgo que o comentador das 09:59 do dia 13 devia estar a referir-se ao concelho de Santa Cruz da Região Autónoma da Madeira ou de Santa Cruz de Tenerife, nas Canárias...

Anónimo disse...

O povo tem o que merece,continuem a votar no tiririca.

Anónimo disse...

Não. É de Santa Cruz das Flores onde moro há 51 anos, com mais cinco que vivi no continente.
Das Flores e particularmente do concelho onde vivo, tenho as referencias que os anos dão.

Reafirmo tudo o que disse.

Só me faltou referir uma coisa no paragrafo final. Quando me refiro ao salto positivo dado na educação nos Açores, refiro-me à actual secretária que consideram tecnicamente excelente, e não a outros.

Anónimo disse...

o pereira tem feito bastante por santa cruz o que é que querem mais.

Anónimo disse...

Também acho que este mesmo pereira não passa de um burro, incompetente, mentiroso, (para nâo escrever coisas desagradaveis ficam as...)...tenho direito á minha opinião!!
Santa Cruz tem aquilo que merece, sois vitimas das vossas escolhas, eu não vivo aí mas quando aí vou sinto que vocês mereciam mais e melhor mas paciencia, cada um tem aquilo que merece! é o que penso, é a minha opinião!

Anónimo disse...

realmente este pereira tem sido um bom homem para santa cruz homem de muito trabalho feito.

Anónimo disse...

...tem feito e continua a fazer emenso...muitissimo...vejam só o embelesamento da nossa vila, é jarrões de plantas e de flores em tudo o que é passeio, não esquecendo as protecções de passeio que não sei se protege o estacionamento (indevido) ou se é para alguem se magoar (especialmente nos passeios nocturnos)! Vê-em mais alguma coisa ? ou sou eu que estou a necessitar de oculos?Nem se quer tenho ouvido falar das grandes obras da CMSC, se alguem sabe de mais alguma coisita que nos informe para estarmos mais atentos!

Anónimo disse...

o pereira é o melhor exemplo de uma pessoa anormal!
Querem melhor exemplo?

Anónimo disse...

Para o anónomo dia 18 das 07:46.
o melhor exemplo que o pereira podia dar,éra menos tachos e mais obras.

Anónimo disse...

O pereira tem: 1 vice-presidente; 1 vereador; 1 acessor; 1 chefe de gabinete; 1 secretaria e uma empresa de acessoria! Num municipio pequeno como o de santa cruz não sobra dinheiro para as obras mas vocês tem aquilo que merecem!
Alguém que faça as contas os venciemntos destes marmelos e multipliquem por 14 meses, depois digam-me alguma coisa...fico a aguardar as vossas noticias salariais!

Anónimo disse...

Já agora acrescente-se dois ingenheiros

Anónimo disse...

já sei qual é a doença do anónimo das21,42 se o pereira lhe tive-se arranjado um tacho ele ou ela andava a falar bem do homem, mas para mim é um homem democrato pede ao governo para os dois concelhos como agora pediu ao governo para que se faça obras no porto comercial das flores localizado nas lajes e referido-se que este porto serve a ilha e é verdade.

Anónimo disse...

serve este porto comercial a ilha das flores e do corvo.

Anónimo disse...

o presidente pereira não passa de um boneco aninimado do partido socialista: lacáio do carlos cesar, hehehhehehehe.....

Anónimo disse...

O senhor Pereira depois da Camara devia ir para nosso deputado. É que ele tem feito muito pelas flores

Anónimo disse...

acho que o que os florentinos precisam é de um deputado continental (pereira) para vos representar na assembleia pois voces são uns incapazes!
Fazem muito bem votar neste cabeça de abobora pois ele é tudo menos um h com h maíusculo: um cobardolas!

Anónimo disse...

Quem sabe contabilizar os tachos referidos pelo anónimo de 19 de novembro das 18h:59? Fiquei deveras curioso em saber quanto gasta mensalmente o municipio de sta cruz com estes inuteis!
Obrigado.

Anónimo disse...

este pessoal de santa cruz tem de agradecer ao pereira pelas muitas obras que tem feito. só fala mal dele é os invejosos.

Anónimo disse...

respondendo ao anonimo de 22 de Novembro das 09:25: Nao tenho inveja de um gajo sem to-a-es! Além disso julgo que existem pessoas em Sta Cruz com muitas mais capacidades que este anormal! Este tipo quando abre a boca ou sai merda ou asneira, o gajo nem falar sabe! vaila-me deus, vocês gostam mesmo da desgraça! Os porcos também são assim, quanto mais lama melhor!

Anónimo disse...

Respondendo ao senhor(a) anónimo(a) do dia 22 de Novembro das 05:56h, não lhe sei precisar quanto gasta a câmara com esses inúteis todos, mas sei garantir-lhe que os tachos são muitos. Desde chefes de gabinete, secretária, engenheiros, animadora (que não sei bem para que é necessária, só se para animar o presidente e os vereadores), professor de educação física (só se para dar ginástica aos funcionários da câmara), educadora infantil (qualquer dia a câmara é uma autêntica escola)e com certeza muitos mais, que de momento não me recordo.
Com isto tudo, o senhor(a) faça as costas ao que cada uma deve ganhar (pela tabela publica de salários) e veja o quanto se gasta em gente que não faz nada.Se esse dinheiro fosse investido em melhorar o nosso município estávamos melhor com toda a certeza.

Anónimo disse...

pois é...o que este povo ignorante de santa cruz merece é isso mesmo: ser roubado desta forma! venderam o voto à castanheira em troca da areia, tintas, blocos, ferro...agora eles gozam o tacho e voces (seus burros) ficam com as latas vazias!!! Deveria ainda ser pior para voces apreenderem a lição!

Anónimo disse...

Tem toda a razão senhor(a) anónimo(a) de 25 de Novembro das 22:27. Eles deviam mesmo era arranjar mais tachos ainda! Como assim não são denunciados nem nada acontece. Pode ser que alguém perca a vergonha (ou o medo) e denuncie esta cambada toda. Haviam de ir todos parar aos tribunais a ver se tudo isto acaba. É uma falta de vergonha.

Anónimo disse...

E os ladrões continuam á solta.!