quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Como será com os políticos florentinos?

Afinal, o fim da acumulação de pensões com salários é para todos: políticos com subvenções vitalícias e que têm cargos públicos ou em empresas do Estado terão que optar entre salário e subvenção. Cavaco Silva poderá ser um deles.

Os deputados, autarcas, ex-políticos a receber subvenções vitalícias, médicos, magistrados, gestores de empresas públicas e outros reformados que a 1 de Janeiro de 2011 estejam a acumular uma pensão com um salário na função pública terão de prescindir de uma das remunerações.

Ninguém escapa. O fim da acumulação de salários com pensões afectará todos os que estiverem a receber um salário pago por uma entidade, organismo ou empresa pública e, ao mesmo tempo, uma pensão suportada pela Caixa Geral de Aposentações, por fundos de pensões ou pela Segurança Social. Todos terão que prescindir ou do salário ou da pensão ou, no caso dos ex-titulares de cargos políticos, da subvenção vitalícia.


Notícia: jornal «Público».

6 comentários:

DR.PARDAL disse...

É uma boa medida.

É bom que se acabe com esta chulice institucionalizada.

Há indivíduos que não tem vergonha nenhuma. Foram reformados antecipadamente e depois são colocados em funções públicas desde autarcas, gestores, assessores, médicos,etc.

Fazem dois e às vezes três ou quatro «carrinhos» de ordenados e reformas que levam para casa, enquanto há muita gente nova com habilitações no desemprego!

Se o «Farto de Mamões» estivesse agora em Portugal, certamente atiraria um foguete!

Anónimo disse...

á algum mamão na autarquia a comer dos dois lados e ainda com carro á disposição? Quanto ganha um varredor? 500 euros?

Anónimo disse...

500 euros!!!e o resto ??? não é para a minha algibeira...

DR.PARDAL disse...

O mais caricato é que há por aí um ex-politico (nunca fez mais nada na vida!) a criticar os actuais politicos, desde o PPD ao BE, sem esquecer o CDS...

Ele que devolva as reformas da politica e depois que venha para a praça pública criticar os seus actuais colegas.

Anónimo disse...

pois é...quem mais uma vez paga é o povo, é sempre o ignorante povo a pagar pelos erros dos nossos queridos politicos, somos uns contribuintes ignorantes!! Ainda ` há quem tenha orgulho em ser Portugues?? Eu tenho vergonha!!!

Anónimo disse...

axo muito bem começar de cima para baixo para dar o exemplo.