quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

Arquipélago conta com 57 percursos pedestres recomendados para turismo

A ilha de São Miguel reúne 25 dos 57 trilhos [pedestres] considerados pelo Governo [Regional] dos Açores como Percursos Recomendados na Região para efeitos de oferta turística.

Por proposta da Comissão de Acompanhamento dos Percursos Pedestres no arquipélago, o Executivo [Regional] aprovou uma lista de [57 num total de 80] trilhos que abrange todas as ilhas, sendo São Jorge a [ilha] que surge em segundo lugar, com seis percursos [pedestres] recomendados.

A ilha Terceira e o Pico dispõem de cinco [percursos pedestres recomendados] cada, Faial e Flores de quatro, Santa Maria e Graciosa de três, oferecendo o Corvo outros dois [percursos pedestres recomendados].

Para o Governo [Regional] açoriano, os passeios pedestres figuram entre as componentes de uma oferta turística direccionada para a conservação da natureza e qualidade ambiental que importa valorizar num quadro de afirmação da competitividade do sector [turístico].

A melhoria das infra-estruturas e serviços complementares de apoio/suporte à actividade justifica a coordenação das intervenções das várias entidades envolvidas – das administrações regional e local às associações ambientais e da área empresarial, [sendo que] em breve serão abertos mais 18 trilhos, com o intuito de aumentar a rede de percursos pedestres no arquipélago Açoriano.


Notícia: «Jornal Diário», «Açoriano Oriental» e o inestimável "serviço informativo" do GACS [Gabinete de Apoio à Comunicação Social, da Presidência do Governo Regional dos Açores].
Saudações florentinas!!

18 comentários:

Anónimo disse...

Só quatro nas Flores?
Temos possibilidades de ter 20.
Querem que eu diga quais?

Anónimo disse...

Força! Enumere lá esses trilhos!

Anónimo disse...

Não diria 20, mas muito mais que 4!!!
Enfim...nada que me surpreenda! :((

Anónimo disse...

Oh Home de Deus! Diga lá alguns desses trilhos!

Anónimo disse...

por onde queres começar porque ponta da ilha só para te dar uma ideia uma coisa por alto só na fajã grande têm ums 4ou 5 da cuada para a fajãzinha 6 da fajãzinha para a caldeira do mosteiro 7 do mosteiro parao lajedo já para não falar do do porto do mosteiro e do porto dolajedo 8 da costa para água quente e rocha alta 9 frades cancelas velhas morros 10 fajã lopo vaz 11 lagoa negra e comprida 12 fazenda -lomba trilho dos moinhos de água 13 porto da lomba 14 fajã pedro vieira 15 ponte caveira 16 fajã do conde 17 fazenda de santa cruz pico da sé 18 cedros loglagoa 19 cedros ponta ruiva 20 ponta ruiva fajã da ponta ruiva 21 ponta ruiva barrosas-barrosas ponta delgada 22 ponta delgada ponte ilhéu 23 amigo isto é só por alto e sem grandes pormenores mas posso explicar os caminhos a quem de direito e ensinálos ,o mal disto tudo é que quem está á frente das coisas ou seja do turismo nem sequer é das Flores como é que querem que apareça mais do que quatro trilhos a culpa é de quem a pós lá

Anónimo disse...

Muito vale quem é Florentino que sabe os cantos da casa .Parabens amigo sou florentino e não sabia metade. escreveu o josé das ilhas de Baixo.

Anónimo disse...

È preciso dar mais valor ao pessoal da terra, vem qualquer badameco ou badameca de fora e é logo lhe atribuido um cargo porque é defora não quer dizer que seja melhor do que os de cá pelo contrário e pelo que setem visto são é muito piores.

helenovski conacova disse...

basta irem ao exemplo da presidencia da camara de santa cruz.muito vale o meu joao com os seus defeitos,que por acaso sao alguns,mas e da terra e muito tem feito.

Anónimo disse...

Pois...talvez se o "pessoal da terra" não se andasse a apunhalar uns aos outros pelas costas...

Anónimo disse...

È impressiobante como certos florentinos viram os dentes uns aos outros.

Anónimo disse...

velhos do restelo florentinos...
em vez de criticarem...actuem...
congratulo todos os florentinos por mais um passo para o desenvolvimento turístico da nossa ilha...feito por gente da ilha ou não...
que venham mais iniciativas destas que possam divulgar o turismo de natureza...neste pequeno bocadinho de céu...podem começar por ser 4 trilhos...e depois virem os outros, creio que não será só dizerem aos turistas "olha...vai pela rocha acima que depois lá chegas..."
e para todos aqueles que acham que deviam ser eles a fazer...restauração, animação, e mais uma série de serviços de apoio ao turista estão por desenvolver...ou acham que os turistas só vao dormir...
a dormir estao todos os que deixam passar a oportunidade mas falam muito sobre ela...

Uma boa noite.

Anónimo disse...

Muito tem feito o João???!!! essa foi boa.Foi o que mais ficou e menos fez,a não ser prometer tudo e mais alguma coisa.

Anónimo disse...

Leiam o livro da camara roteiro pedonal do concelho de santa cruz

Anónimo disse...

estou plenamente de acordo com o que diz o Velho do Restelo em vez de criticarem actuem e até se possivél colaborem. escreveu o josé das ilhas de baixo.

Anónimo disse...

Caro anónimo da enumeração dos antigos caminhos, que a voz (ou neste caso os dedos) nunca lhe doam, mas.. mondar e sinalizar os caminhos que é bom? nem vê-los é só cana roca, paredes caidas, troncos virados e lama por todo o lado.
É por isso que só contam com 4 (com partes feitas em pleno asfalto) quando podiam ser em terra e calçada de pedra, nem sequer se deram ao trabalho de fazer um trabalho decente publicam roteiros sem ter percorrido ao menos os caminhos.

Anónimo disse...

Tambem é verdade a maior parte dos que enumerei eoutros que ficaram por trás que na altura não me lembrei estão fechados de cana roca e outras espécies árvores viradas ou seja estão praticamente intransponiveis a não ser com um bom foicinho e muito suor e para isso ainda nalguns casos é preciso conhecer bem o caminho senão sai da vereda e tem que andar muito mais para o encontrar de novo .

Nelson Fraga disse...

segundo uma notícia do «Açoriano Oriental» são 18 os ("novos") itinerários/trilhos pedestres que estão em fase de abertura no arquipélago, nomeadamente em São Miguel, Terceira, São Jorge e Pico.

"novos" trilhos pedestres na ilha das Flores candidatos a pertencerem a essa lista de divulgação turística: Z-E-R-O!! isso não acontece certamente por falta de caminhos pedestres na nossa ilha, pois [num comentário mais acima] sem se puxar muito pela cabeça foi fácil [um leitor anónimo] lembrar mais de uma vintena!!

Anónimo disse...

Não meu caro, isto acontece por que nesta terra todo o bicho careta que vem de fora ocupa os lugares de decisão, sempre fomos mãe para os "estrangeiros" e madrasta para os nossos.
Ainda nunca se convenceram que precisamos de gente nossa a dicidir sobre o que é nosso enquanto assim não for, continuaremos na cepa torta.
No caso dos caminhos pedestres, era só levantar o rabinho da cadeirinha de cabedal fofa e alta, calcar umas botas de cano e ir dar uma volta, mas isso cansa e parte as unhas.