terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

Assim vão as obras do novo Hotel... (II)

Saudações florentinas!!

22 comentários:

Anónimo disse...

é Karnaval ninguem leva amal !!

Anónimo disse...

vamos lá a ver se a rocha não vai ceder. eu é que não queria dormir neste hotel.

Anónimo disse...

O prazo de execução esta mais ou menos ultrapassado do que o edifício da segurança social ?

Anónimo disse...

Este sim, parece ser realmente um Hotel com H grande..Pelo menos assim o dizam..Será que neste hotel se pode comer depois das 8h da noite!!
Pode-se entrar em calçao dentro do Hotel?
será que o tamanho das camas tem mais de 1,50 de comprido!! Se for como o da Judite estamos mal..
Muita coisa Vai mudar...

Anónimo disse...

O que certo tipo de gente merece é ...... .
Aqui hã meia duzia de anos viviam em palheiros e andaval em canadas de jerico. Agora armam-se em criticos, como se fossem criados no centro de Manhatan!

Anónimo disse...

É só pedra por todo lado. Será "Casa da Pedra" II?

Paulo Henriques disse...

E o pessoal dos "palheiros" não tem direito à crítica?

Marlene disse...

Ter tem,o problema é que para alguns só sabem é por abaixo.

Anónimo disse...

Manhatan ahahahaha servi flor hohohoho

Anónimo disse...

Quem vai gerir isto? Ouvi dizer que... eheheheh

Anónimo disse...

Não é facil de alguém vir para cá administrar o novo Hotel mesmo que o Governo Regional o queira dar a alguém.

Este hotel tem vários problemas á nascença,é muito dificiul rentabilizar porque o turismo nas Flores vem apenas no verão que são tres meses quando o são,portanto é mais uma obra deste Governo para dar muito prejuiso á Região.

Qualquer empresário que fique com o novo hotel ou vai ter pessoal a contrate e só durante a época do verão ou então não se pode aguentar com as despesas.

Anónimo disse...

Isto vai ser como a lancha do Corvo ou o Siturflor...investimentos que dão lucros a alguns.

Anónimo disse...

Então ainda nao perberam quem fica a administar?É florentino,e tem vasta experiencia em não deixar ninguem entrar de calções...

Anónimo disse...

Nada disso,muito longe,era bom era,mas não vai ser,

Anónimo disse...

eu ´daqui das lajes é que vou tomar conta do hotel e vou avisando que não entra ninguem em calções a não ser turistas.

Anónimo disse...

Ponham me o hotel nas mãos e não entra ninguém desta ilha... nem de calções nem de forma nenhuma! e ouvi dizer á praça que os silvas andem aí...

Anónimo disse...

Só faltava este , para os clientes terem que ir ao bar para tomar café depois da refeição,ou mesmo sendo uma meia de leite para acompanhar a refeição!!! Parece anedota mas não é! É preciso ser mesmo javardo!!!

Anónimo disse...

está para breve eu receber a chave deste hotel.

Anónimo disse...

Sei que a limpeza do novo hotel foi adjudicada a uma certa empresa criada na Hora! Ainda dizem que não há coincidências!!! Realmente os apadrinhamentos nesta terra funcionam, nem deram hipóteses ao Zé-ninguém!

Anónimo disse...

È só Salazares,onde isto vai parar.
uma grande parte do pessoal que vai trabalhar no novo hotel nem secer é das flores,por não haver formação,mais uma vez esta terra será madrasta para os florentinos.

Anónimo disse...

faz como eu vai à custa do papai não esperes pelo dinheiro dos contribuintes.

Anónimo disse...

pois este hotel tem dado muita muito que ouvir e pensar, é verdade o ferro velho foi limpa-lo com as rolinhas, para meter o nariz e gaba-se que foi convidado para o gerir, o que eu sei, é que ninguem deste governo, o daria para ser administrado, visto já conhecerem as regras da casa, completamente estupidas, ao ponto das pessoas estarem a mesa, sendo convidadas de outros hospedes do hotel, e serem umilhadas em voz alta pelo senhor, dizendo que é o dono e que para a proxima, tem que pedir, pois é ele quem manda é o dono e senhor, o que me consta é que a partir do dia que este abrir, o pessoal em serviço. pago pelo governo, e mesmo o governo , não voltarão a por os pés nos dois hoteis agora em funções, mas,como, o que se ouve hoje , já é mentira amanhã, vou esperar para ver.
devem estar muitos afilhados a espera do taxo, e como é ano de eleições, já deve haver muito votos a venda, muitas promessas.