quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

Continua o conflito entre pescadores florentinos e armadores micaelenses...


Os pescadores da ilha das Flores não querem que os pescadores de São Miguel pesquem junto à costa daquela ilha. Os florentinos acusam os pescadores de São Miguel de não respeitarem a norma que impede a pesca a três milhas da costa. Armadores de São Miguel dizem que têm de ir procurar peixe onde ele existe.

Os pescadores das ilhas das Flores e do Corvo querem que a limitação de pescar junto à costa passe das três para as seis milhas. Esta posição, que acontece depois de embarcações palangreiras de São Miguel terem sido autorizadas a pescar no Grupo Ocidental e a descarregar nas Flores, é subscrita por pescadores das ilhas do Pico, São Jorge, Graciosa e Santa Maria. Contra [a autorização] estão as Associações de Pescadores do Faial, Terceira e São Miguel onde estão os barcos que pescam com palangre.

Liberato Fernandes da Cooperativa Porto de Abrigo considera que foi um erro a autorização dada pelo Governo Regional aos pescadores de São Miguel para pescarem nos mares das Flores.

O sub-secretário Regional das Pescas, Marcelo Pamplona, diz que a legislação que permite que barcos de uma ilha pesquem noutra [ilha] deverá ser alterada.

Notícia: RTP/Açores.
Saudações florentinas!!

29 comentários:

Anónimo disse...

força pescadores das Flores se for preciso é corrélos á pedrada , é preciso peservar o pouco que temos

Anónimo disse...

Esses e os continentales... tudo a pedrada! flores aos florentinos!

Anónimo disse...

vamos começar a montar artilharia que eles cá não metem o pé.

Anónimo disse...

Mas quem são os pescadores das Flores ? Em Ponta Delgada existe ume o barco está em seco. Nas outras freguesias todas não há nenhum. Em Santa Cruz dois ou três e nas Lages 2 ou tres mas todos eles querem é estar no café . São todos pseudo pescadores sem dúvida. Cabem cá todos e mais alguns . Que gente de conflituosa estes florentinos

Anónimo disse...

Em relação aos comentários acima transcritos passo a citar o seguinte:
Quando os barcos de S.Miguel vieram pescar para as Flores talvez ninguem se preocupou, mas depois de eles começarem a pescar
entra a costa e as tres milhas os pescadores das Flores ficaram preocupados e disseram uns aos outros estes amigos de S.miguel a deitarem trolo todos os dias em volta da ilha, daqui a disa não temos um peixe para apanhar e foi aí que começou as queixas e com alguma rasão porque tudo que era peixe miudo vinha nos ansois porque os ansois eram muito pequenos e assim todo peixe que vinha á isca ficava.

Ora bem, sem duvida alguma que é verdade qe os barcos de S.Miguel pescavam nas Flores a menos de 3 milhas e não existe uma fiscalização diário que possa fiscalizar a miudo estes barcos uma vez que a pesca dos mesmo parte dela era feita denoite.

Houve pescadores que foram para a pesca desportiva e foram de madrugada e viram os ditos barcos a levantarem trolos a menos de 3 milhas da costa das Flores e comno tal registaram no GPS e os pescadores de S. Miguel sabem que foram vistos e até sabem de quem é o barco que os viu.

Portanto se os pescadores de S.Miguel voltarem ás Flores para pescar que tenham muito cuidado aonde vão pescar.

Além disso tenho testemunhas dos próprios pescadores de S.Miguem que me disseram que estavam nas Flores para pescar fosse, dentro ou fora das 3 milhas não interessa o que interessa é apanhar peixe.

Mas não são os pescadores de S.Miguel os totais culpados na pesca das Flores.

Vejamos há um pescador de ponta gelgada das Flores que se gaba de ter apanhado mais de cem meros na costa de ponta delgada até á ponta ruiva e poucos passaram pela lota
e ele não tem ponta de vergonha porque ainda o diz em voz alta.
Muito bem, este menino muita gente sabe quem é e terá de o denunciar em breve porque os meros não são apanhados á linha mas á sombra da mesma vem para o mercado porque alguem lhe consedeu licensa para tal.

Muitos pescadores profissionais pensão que quem vende peixe pela porta do cavalo são os pescadores desportistas, pois bem vedem algum mas o grosso vendido pela porta do cavalo são os pescadores profissionais que o vende mesmo á descarada nos portos de desembarque
e n~ºao é dificil de saber quem é porque eles não se escodem.

Há pescadores profissionais que se estão governando com o gasoleo mas isso vai acabar amigos ó beneficiemos todos ou então acabou.

Tambem há lavradores que se sentem na praça e arrotam muita pescada e andam com o jeepe e mercedes á custa do gasóleo do tractor e ainda dá para oferecer a alguns amigos.

JMaciel disse...

Apenas fui ás Flores uma vez, fiquei na aldeia da quada, mas adorei a fajã Grande e a Fajanzinha. Faz parte dos meus objectivos voltar a 1 das 3 mais lindas ilhas dos açores (as outras são Sjorge e SMiguel). Li Mais acima sobre os conflitos... sempre ouvi dizer que EM CASA ONDE NÃO HÁ PÃO TODOS GRITAM, NIMGUÉM TEM RAZÃO... Na minha pobre opinião esse é actualmente o nosso problema... mas o futura paz trará.

Anónimo disse...

o que é certo é que as lojas de venda de peixe da associação já na vendem peixa à dias!!
talvez porque os pescadores das flores tem pescado demais e o peixe não chega(só pode ser)??????

Anónimo disse...

Não sou pescador mas compreendo muito bem a vida ,a faina e as ideias destes.
O mar está manso ,as pessoas olham para ele e dizem « mar manso e os pescadores ao café » tem de se compreender que o mar até pode estar manso para quem vê de terra e não percebe nada do mar,mas não é á frente da ilha encostado a pedra que se pesca,mas sim longe do porto, e para longe pode estar mau ,normalmente vão para o corvo e o canal pode estar mau tempo para passar,e se as previsões do tempo são más não se pode ir para 15 milhas longe pois muda o tempo e os barcos não são aviões a jacto que se põem em terra em 10 minutos,uma viagem de onde se pesca perto do corvo até ao porto das poças leva-se duas horas e para as lages mais uma.
«Pescadores em terra» ,não vejo nenhum no rendimento minimo com falta de comida nem a pedir pelas portas esmolas,podem nem ir todos os dias para o mar mas os dias que vão são o suficiente para trazer um ordenado para casa,têm todos casas, compradas as prestações no banco ,pagas honestamente nenhuma dada gratuitamente.
Daqui a 10 anos peixe será uma especie em vias de instinção...
Por culpa de quem???
De quem abusou e só pensou em si...
Dos governantes que não pensaram em meios de impedir esta apanha louca,
Dos barcos que vivem limpando os fundos de peixes grandes e pequenos que nem servem quase para comer,peixes que vem á costa desovar ,para se reproduzir.
E então ??????????

Anónimo disse...

Ou os Florentinos se modernizam e exploram os recursos que tem, ou deixem os outros fazer.

Esta coisa de não querer e impedir os que querem, é do tempo dos comunistas.

farto de mamões disse...

Isto só vai com os potentes socos!
Com conversa não vamos lá...

Anónimo disse...

Mesmo sem viver nas Flores, estou a ver que, estes senhores são um (fala-barato)Os
acima,neste Blog
falam mais que o que dão pelas almas)No meu ver, os florentinos, pescarem ou não, e encostarem-se ao balcão, isto tudo é seu previlégio.
No entretanto, o mar que pertence ás Flores,é das Flores; pesquem ou não pesquem.
Convém lembrar,que se eles vêm pescar para as Flores
definitivamente, já não há mais que pescar na outras ilhas, porque (estes) andam a limpar o peixe das costas de cada ilha. Isto,é óbvio,mesmo que para quem seja míope e tenha (miolos) do tamanho dum grão de ervilha.

Vocês "florentinos" os que escrevem aqui, não vêem que o Governo é de S.Miguel? Ou, pensam que o Sr.Carlos Cesar, iria dar aos ombros ou dizer que não.
A força está nos florentinos, actuar físicamente se necessário for.

Como é; eles pescam no mar das Flores, e ainda usam as Flores, para armazenar o peixe, enquanto não o exportam?? Onde estão estes bocas grandes, que escrevem
tão mal, que é horror lê-los. Não sabem escrever; pelo menos haja acção. Assim que ouver peixe atirado à água ou alguma cabeça partida, o Sr.Cesar irá resolver.

Anónimo disse...

Mas eu tenho sempre uma grande dúvida . Onde estão os pescadores daqui das Flores ? No café . Só pode mesmo ser porque no mar raramente se vê. Deviam fazer aqui uma zona de protecção de especies ameaçadas para salvaguardar a não extinção dos pescadores florentinos .
Quanto ao Senhor de Ponta Delgada e dos meros toda a gente o sabe, até o governo lhe deu um barco e lhe fez o Porto tanto que ao que se fala por aqui o Porto tem o nome dele.
Quanto aos fiscalizadores não os há ou são coniventes com a corrupção e depois vão para jantaradas e convivios e ainda volta e meia deve ir cair algum peixe grande dentro das suas arcascongeladoras.
Vergonha mas é este o Portugal que temos .

Anónimo disse...

Gosto tanto de ler os seus comentários inteligentes e cultos "Farto de mamões" e agora veio apelar á violência... que desilusão...
ass: José Castelo Branco

Anónimo disse...

É isso dá-lhes pra cima mamões! Chega-lhes! a roubarem o que é nosso... vergonha tenham!

Anónimo disse...

Mas afinal ninguém diz quem é o "tal" pescador da ponta delgada? Haja coragem... pra podermos actuar...

Anónimo disse...

Não há mar das Flores nem mar de S. Miguel.
Há mar dos Açores.

O peixe é de todos, e não só de alguns.

Todos tem direito à vida. E se nas Flores não sabem aproveitar, ou pior, não querem. É mais fácil estar no café a jogar uns dominós e ir ao mar quando se quer.
A economia de hoje nao funciona assim. Ou se é profissional e se trabalha, contribuindo para a riqueza de todos com os impostos, ou vamos todos brincar, e viver à custa dos contribuintes.

Custe a quem custar.
É esta a realidade, que, por muito soco e sopapo que se dê, é só esta.

Anónimo disse...

Ponta Delagada só tem um pescador que é o Meireles. Isso toda a gente sabe. ele tem o seu barco pago pelo Governo, o seu porto privativo pago pelo Governo e também tem carta branca para fazer tudo o que quer que ninguem lhe diz nada . Não é nada dificil de perceber isso. Quanto aos meros isso em Santa Cruz tambem temos um que apanha bastantes . Ou também não sabem ?

Anónimo disse...

Eles não estão a viver a custa do contribuinte, nem passam assim tanto tempo no cafés, se calhar o que estão a fazer é gerir os recursos limitados desta ilha.Mas tu o que te interessa é lucros a curto prazo."contribuir a riqueza de todos com os nossos impostos" ??!! Só pode ser ser piada, mas és um triste.

Anónimo disse...

Quem é o de Sta Cruz? e são só esses? é só o outro da pta delgada e um em sta cruz!?!? deve haver mais... a apanhar cavacos então...

Anónimo disse...

bem pessoal, amanhã vamos ter peixe fresco!!

Anónimo disse...

Não é piada nada.
É assim. Tomos temos obrigação de trabalhar e contribuir para o colectivo.

É por isso que se pagam impostos.

Aionda há dias, o secretário da saude de Obama demitiu-se e publicamente confessou a "sua vergonha" - fugiu aos impostos.

O comentador acima, bem pelo contrário, deve achar que esperto é quem foge.

Quem é que tem uma mentalidade triste, própria de uma republiqueta africana qualquer?

Anónimo disse...

Ai o farto de mamões agora já não assina... agora vem como anónimo... lol lol lol republiqueta lol lol lol

Anónimo disse...

o de Santa Cruz deve ser o monso do João Malheiros . Esse também é um dos grandes .

Anónimo disse...

os de s miguel ate apanhavam garoupas de trolo

Anónimo disse...

Èpa deixem o blá blá vãoter com os nossos deputados e o secretario das pescas,estes senhores foram eleitos paranos reprezentar e tambem os presidentes das câmaras,sou pelas 6 milhas, temos o exemplo das lapas

Anónimo disse...

eu tambem sou para além das 6 milhas e sou a favor da fiscalização todos os dias e algumas surpresas durante a noite

Caravela de Sagres disse...

Ainda bem que vao aumentar para as 6 milhas...assim ja posso "pescar" as minhas cervejolas no "café da praça" á vontade ! Do porto velho á praça n tem as 6 milhas ou tem ?
Sou contra os de sao miguel virem para cá a apnhar o nosso peixe ilegalmente! Sou contra !!!
Mas tambem sou contra outra coisa...são mais 15/20 bocas a "pescar" as nossas sagres fresquinhas ! Isso deixa me aborrecido..!
Vou á peixaria ver o que ha la á venda...

Anónimo disse...

Quem sabe se o pescador que se fala de ilegalidades é um tal LICINIO

P.M disse...

Informo a todos os pescadores e não pescadores que eu aqui nas lages também tenho muitos meros para vender. Para mais informações contactar: 926882954
obrigado pela sua atenção.