domingo, 15 de fevereiro de 2009

O jornal «As Flores» no Fórum (XIV)

Jornal «As Flores», edição de 22 de Janeiro de 2009
(nº 632, II série, ano XXXVI) : : : AINDA NAS BANCAS!!! : : :
Directora: Maria José Sousa


Títulos e resumos da 1ª Página:

Editorial: Mensagem de Ano Novo
Num instante fugaz há quem erga as taças de champanhe borbulhante e solte o grito de alegria desejando aos seus familiares e amigos um feliz ano novo. Este é o cenário alegre em muitas casas e espaços de festa. Entretanto, bem pertinho, noutra casa, bem mais perto de nós do que alguma vez nos lembramos há quem esteja só, há quem não tenha com quem dividir esse instante fugaz carregado de simbolismo. Tudo seria bem menos doloroso e solitário se alguém se tivesse lembrado dessas pessoas. Pena que as Câmaras Municipais não tenham deixado uns trocados para finalizar o ano montando uma barraquinha, uma tenda à Praça onde essas pessoas se pudessem ter reunido para celebrarem juntas, com uma taça de champanhe e doze passas porque também são “filhos de Deus”. É realmente triste que numa ilha tão pequena as pessoas estejam cada vez mais distantes umas das outras, menos preocupadas com o próximo, mais egoístas do que nunca. Pensando que não, estas pessoas não são uma nem duas, mas sim algumas dezenas delas se incluirmos idosos, pessoas que vivem só, emigrantes, e até aqueles que embora não estejam sós vivem no mais vazio das suas vidas.
Aqui deixo o repto para este ano: as entidades públicas devem reunir esforços para que a passagem de ano das pessoas que vivem sozinhas, deixe de ser solitária e triste e passe a ter pelo menos um momento de convívio entre pessoas que nada mais querem que uma palavra amiga, alguém a quem desejar “Um Feliz Ano Novo”.


Para Grandes Esperanças, Maiores Enganos
Democracia é miragem, pura ilusão
A democracia hoje está seriamente limitada. Há um claro empobrecimento da vida democrática no país, como por exemplo limitações inaceitáveis aos direitos sindicais ou de manifestação e de propaganda política.

Grupo de Teatro “A Jangada” arrasou com «Alguém terá de Morrer»
Nos dias 5, 6, 7, 12 e 13 de Dezembro o Grupo Cénico de Amadores “A Jangada” ofereceu ao público mais um excelente trabalho. «Alguém terá de Morrer», baseado no texto de Luís Francisco Rebelo, adaptado por Fernando Oliveira e com encenação e direcção artística de Joaquim Salvador, arrasou perante o público, pela inovação e qualidade dos actores.

Sorteio do Comércio Tradicional
No passado dia 12 de Janeiro pelas 20 horas no Núcleo Empresarial das Flores e Corvo realizou-se um sorteio, inserido na Campanha de Promoção do Comércio Tradicional promovido pela Câmara do Comércio e Indústria da Horta, que decorreu entre os dias 1/12/2008 e 31/12/2008, foram sorteados três vales de compras para cada Concelho das Flores e para o Concelho do Corvo no valor de 400€, 300€ e 200€, correspondendo ao 1º, 2º e 3º prémios, respectivamente.

Associação de Pescadores Florentinos abre Peixaria
A ilha das Flores tem agora ao seu dispor peixe fresco todos os dias, sendo que às segundas, quartas e sextas é vendido nas Lajes e terças, quintas e sábados em Santa Cruz. A iniciativa veio combater uma lacuna no nosso comércio local.

Antigo Barracão do Sargaço desmoronou em Ponta Delgada
Devido ao mau tempo e também ao estado de degradação em que já se encontrava o edifício, este não resistiu e desmoronou por completo. Na memória dos habitantes de Ponta Delgada fica apenas a época em que aquele barracão serviu de armazém para o sargaço recolhido e apanhado a muito custo, vendido depois como uma das formas de subsistência nos meses de estio.

Rondas pelos Reis
Foram vários os ranchos que uma vez mais se reuniram para cantar pelos Reis. A tradição é já longínqua, transferida de pais para filhos há séculos e nota-se que as pessoas querem mantê-la, quando de ano para ano continuam a juntar as suas vozes, as suas cordas e a sua vontade de levá-la a outras pessoas, andando de casa em casa, melodizando e entoando os cânticos festeiros.
A Associação Cultural Lajense promoveu um encontro de rondas na Casa do Povo das Lajes.

Novo espaço de Desporto nas Lajes das Flores
Por: Patrícia Carreiro
No mês de Dezembro de 2008, foi inaugurado o pavilhão gimnodesportivo da Câmara Municipal das Lajes das Flores. Este é um investimento camarário, orçado em 2,1 milhões de euros e comparticipado pelo Governo Regional.

Puxão de Orelhas
Agora que o ano começa... E para que comece bem, vou fazer uma promessa aqui e além: denunciar, informar, louvar, congratular, constatar, anunciar, publicitar, ajudar, incentivar, apoiar, criticar, serão os objectivos deste mensário que não hesitará em puxar as orelhas a quem precisar!

ALGUNS DOS OUTROS TÍTULOS EM DESTAQUE NESTA EDIÇÃO:

A Escola do Corvo (EBI Mouzinho da Silveira) participou em mais um intercâmbio europeu desta vez na Turquia

Escuteiros: 30 anos ao serviço da juventude

Passagem de Ano nos Minhocas

Corta Mato Escolar


ALGUMAS DAS PEÇAS DE OPINIÃO:

Lajes das Flores com 500 anos de existência - por Francisco Gomes Vieira

Natal: Do muito que se diz - por Dr. Caetano Tomás

A menina que tinha medo do silêncio - por Patrícia Carreiro

Carreira Docente: auscultações minimalistas e minudências - por Paulo Rosa

Crónicas da minha Terra: Vida destruída... Alma com vida - por Lino de Freitas Fraga

ALGUMAS DAS SECÇÕES:

Olhar com Saúde - por Paulo Ramos

Desporto na Ilha - por Fábio Armas e Raimundo Lima

O Cantinho da Saúde: SIDA, Síndroma de ImunoDeficiência Adquirida - pela enfermeira Ana Gil

4 comentários:

CM2009 disse...

PSD....PSD....PSD.....PDS !

e mais não digo...!

Farto de mamões que por aí andam !

Lidia disse...

Uma pergunta que espero nao ofender ninguem!isso de ser do director do jornal as Flores será contagioso em relaçao a quererem ser candidato(a)a candidato(a)à camara de Santa cruz?
Abraço à Senhora Directora do Jornal ,e que continue a fazer o serviço exemplar que tem feito ate agora.bem haja...

Anónimo disse...

Lajes das Flores 500 Anos. Parabéns à minha Vila.

Anónimo disse...

Sou assinante deste Jornal..mas quando o recebo ja sei das noticias todas...vai continuar assim!?