terça-feira, 5 de outubro de 2010

Um centro educativo ambiental... online

O SIARAM (Sentir e Interpretar o Ambiente dos Açores) está disponível desde o passado dia 30.

Este centro educativo ambiental online contém um "repositório de informação que foi construído e pensado essencialmente para o sistema educativo". Estão disponíveis um conjunto de materiais que permitem a qualquer professor "descarregar a partir dali as imagens, sons ou textos e construir as suas próprias lições", adiantou o secretário regional do Ambiente e do Mar. Segundo Álamo Meneses, o lançamento deste projecto em 2010 tem um significado muito especial, pois é uma forma de assinalar o Ano Internacional da Biodiversidade, que ocorre precisamente durante o corrente ano.

O novo sítio aborda áreas como a Situação Geográfica, Fauna, Flora, Vegetação, Zonas Costeiras, Paisagem, Vulcanismo e Cavidades Vulcânicas. Sob o tema genérico "O Homem e a Natureza", o projecto trata ainda de temas como o Património Cultural, Reservas da Biosfera, Energia e Recursos Hídricos, Naturalistas nos Açores e Centros de Interpretação.


Notícia: «Jornal Diário», rádio Atlântida e o sempre inestimável "serviço informativo" do GACS [Gabinete de Apoio à Comunicação Social, da Presidência do Governo Regional dos Açores].
Saudações florentinas!!

7 comentários:

Anónimo disse...

Caldeira (Lagoa) Rasa Não devo estar em erro DCA

Anónimo disse...

AmigoDCA no nosso tempo chamava-se Caldeira Funda Caldeira Rasa Caldeira da Lomba etc.etc. agora dão o nome de Lagoas.

DR.PARDAL disse...

Isto agora é tudo on-line....

No entanto o ambiente vai ficando cada vez mais poluído.

Antes acção directa no campo do que tanta parafernália virtual!

Anónimo disse...

É verdade desconhecido amigo das 13:40 Muito antes de lhe chamarem lagoas,elas eram CALDEIRAS: que, segundo o livro que designa tudo, diz-nos: [caldeira = cratera de vulcão circular e larga, por vezes transformada em lago] seja lá como for. Se caldeira é erro, o nome: lagoa pode ser erro igual ou maior,porque nem todas as lagosa foram caldeiras.

Anónimo disse...

Digam lá o que disserem, mas o Concelho mais lindos das Flores é o das Lajes.

Anónimo disse...

Seremos sinceros;

Em termos de lagoas, o Concelho das Lajes tem-as todas, mas isto, não significa que a beleza natural é apenas composta de lagoas.
O Concelho de Santa Cruz, é lindo mesmo sem ter lagoas. A partir da Lomba, os altos-e-baixos, escarpas e obliquados das encostas para o mar,em contrapartida com as lagoas,é que forma a beleza geral da ilha. Temos que olhar para as duas bandas. Os escarpamentos, casas branquinhas sobre rochas altas com seus telhados vermelhos a reflectir com os raios do Sol,vales floridos, rochas altas que parecem erguer a ilha; "COME ON" assopra o egoísmo dos ombros. Sendo assim não é ser bom florentino.
DCA

Anónimo disse...

Pelo que vi no site SIARAM da SRAM, as ditas estão a ser abordadas como lagoas porque fazem parte de um grande complexo humido nas Flores. Portanto, acho que está bem. Se fossem abordadas sob o ponto de vista geológico, talvez o nome caldeira fosse mais adequado. Mas assim penso que é mais adequado... Vamos perder tempo com coisas mais importantes...