sábado, 12 de junho de 2010

Apresentação do livro «Minha ilha, minha casa», hoje no Museu das Flores

O romance «Home is an Island», escrito em inglês nos anos 50 [do século passado], da autoria do escritor açoriano Alfred Lewis, acaba de ser editado em língua portuguesa com o título «Minha ilha, minha casa».

Alfred Lewis é natural da ilha das Flores e emigrou para os Estados Unidos da América em 1922. Foi o primeiro escritor emigrante português a despertar a curiosidade do público americano. Editado pela Edel Portugal, o livro «Minha ilha, minha casa» constitui o primeiro volume da série «Portugal na América», projecto que é uma iniciativa do Centro de Estudos Portugueses da Universidade de Massachusetts, com o apoio da Fundação Luso-Americana (FLAD).

O livro «Minha ilha, minha casa» tem apresentações agendadas para os dias 12, 14, 15, 17 e 19 de Junho, em Santa Cruz das Flores [hoje às 21 horas, na Igreja de São Boaventura, no Museu das Flores], Angra do Heroísmo, Ponta Delgada, Lisboa e ilha de São Jorge [respectivamente].

Esta é a primeira tradução para língua portuguesa do romance «Home is an Island», que foi bestseller nos EUA nos anos 50. A tradução ganha assim especial relevância por fazer regressar aos Açores e à língua portuguesa, 60 anos depois, um dos mais incontornáveis romances escritos por um luso-americano.

De acordo com Mário Mesquita, administrador da FLAD, “a Fundação não poderia deixar de apoiar esta tradução que permite ao grande público português ter acesso a um romance que descreve de forma única, e especialmente poética, a vida na ilha das Flores em meados do século XX”. Mário Mesquita acentua ainda que “a necessidade de traduzir a obra de [Alfred] Lewis para a sua língua-mãe fazia parte daquilo a que podemos chamar o testamento cultural de outro grande escritor florentino, o poeta e ensaísta Pedro da Silveira”.


Notícia: RTP/Açores, «A União», «Jornal Diário» e o inestimável "serviço informativo" do GACS [Gabinete de Apoio à Comunicação Social, da Presidência do Governo Regional dos Açores].
Saudações florentinas!!

16 comentários:

Anónimo disse...

nasceu nas flores.mas qual a sua freguesia.

Anónimo disse...

"Minha ilha, Minha casa" de Alfred Lewis. As Flores do primeiro quartel do sec. XX para as novas gerações.

Anónimo disse...

Alfred Lewis é um açoriano universal.
Por acaso interessa a freguesia, o lugar ou o cabouco?

DR.PARDAL disse...

Alfred Lewis nasceu na freguesia da Fajãzinha.

Alfred Lewis foi o escritor americano de origem portuguesa com maior projecção naquele país.

Atingiu notariedade quando integrou uma antologia de contos denominada «The Best American Short Stories».

Com a publicação em 1951 do seu romance «Home is an Island» atingiu a universalidade como escritor.

Uma grande honra para a Ilha das Flores.

Anónimo disse...

Graças ao Dr. Pardal que nos informa estas coisas!..

De facto, a freguesia que nasceu Alfred Lewis,num ponto não importa.

Se fosse p'ra fazer festa de aniversário,o birthday cake seria feito na Fajãzinha.
Os comensais para um bocadinho do bolo,seriam os filhos da ilha das Flores.
Isto,no meu ver.
DCA

Anónimo disse...

muitas cabeças finas eu já conheci neste concelho das lajes. parabéns a todos.

Anónimo disse...

então se alfredo luis nasceu na fagãzinha, estava mais que certo a exposição do seu livro deveria ter cido feita na sua freguesia que o viu nascer. não sei porque quando há uma coisa importante sobre qualquer florentino ter que ser no museu de santa cruz com tantos lugares com melhores condições.

JS disse...

Estou mesmo a ver que o anónimo das 9:40, não foi ao lançamento do livro, porque o Museu de Santa Cruz
não tinhas as condições devidas para o receber...

Anónimo disse...

não fui e nem nunca irei a este museu de santa cruz.

Paulo Ramos disse...

Já agora sabem-me dizer onde é possível adquirir este livro? Já corri tudo na net mas não consegui. O site da editora EDEL não faz sequer menção ao livro. Será que em alguma livraria aí na ilha? Obrigado.

Paulo Ramos disse...

Atenção que a EDEL Portugal, reponsável pela edição do livro, nada tem a ver com a EDEL alemã, a que este artigo dá acesso ao site.

JS disse...

Sr.Paulo Ramos

No Museu de Santa Cruz das Flores, poderá encontrar à venda esse livro "Minha ilha minha casa"

Anónimo disse...

na fagãzinha na loja do valadão poderá encontrar este livro.

Anónimo disse...

È sempre bom qualquer florentino que saia da sua Ilha e se lembre dela, seja na escrita seja no pensamento, é sinal que tem sempre amor ao cantinho que o viu nascer.R.M.M.M.

pedro disse...

A uns 10 anos atras quando estudava escrevi uma curta metragem sobre o livro de ALFRED LEWIS home is an island...nunca foi filmada,mas esta escrita...por causa disso tive de estudar um pouco a vida desse senhor, ao que consta ele tem uma filha e na altura ainda era viva se nao estou em erro, depois de sair das flores ele nunca mais voltou as flores, teve varias profissoes, uma delas foi a de jornalista num jornal que era chefiado por um senhor pedro da faja grande, esse senhor pedro foi o director da biblioteca de lisboa ate morrer, quando o sr lewis chegou aos estados unidos foi trabalhar a apanhar batata doce..... depois existe um periodo da vida dele mais atribulado julgo que esteve num manicomio ou algo parecido onde teve tempo para aprender a ler e esrcrever bem o ingles....sei que depois disso ainda foi juiz numa cidade onde morava...e faleceu em 1977 sem nunca ter voltado aos açores.

Paulo Ramos disse...

O livro pode ser adquirido na FNAC. Em alguma das lojas ou através do site. Recebi-o ontem e estou quase a acabá-lo. É bem interessante. Recomendo a sua leitura, sem dúvida.