segunda-feira, 6 de abril de 2009

Um dia?

Ao percorrer as remodeladas ruas da vila de Santa Cruz continuo a pensar que os passeios teriam ficado muito melhores com calçada à portuguesa. Julgo que a razão alegada para a não colocação daquele piso terá sido o preço exagerado do material. Contudo, continuo a não perceber porque é que um Município de 2.500 pessoas necessita de 2 vereadores a tempo inteiro!? Mistérios da vida autárquica santacruzense [e também lajense]!

28 comentários:

Fernando disse...

Concordo perfeitamente com o Paulo seria melhor investir numa calçada á Portuguesa para todos beneficiar do que investir na duplicação de postos de trabalho que só vai beneficiar uma pessoa.

Anónimo disse...

A calçada á portuguesa é bonita mas é perigosa, com chuva torna-se escorregadia e como aqui chove 70% do anos estão a ver...

Anónimo disse...

Este texto de Paulo Henriques, bem como o comentário do Fernando são de facto desnecessários e à moda do "farto de mamões"... Acho que a discussão é positiva, mas eu pergunto, os senhores sabem qual a função de um vereador e qual o volume de trabalho que tem mesmo nas Flores... Se sabem expliquem, agora virem dizer que não precisa mas não dizer porquê... E virem falar na calçada... Tb não me parece prioritário! Em jeito de critica, porque também vejo as coisas, gostava que explicassem a utilidade da rotunda nova de Sta Cruz e porque ficou tão mal feita...

J.Costa disse...

Não foi calçada à Portuguesa,mas
estava orçamentado como tal!
Se o dinheiro veio,foi devolvido ou
usado noutras obras já ninguem me
sabe responder, pois não?
P.S.e que tal fazermos uma advinha?
Os resultados iam ser hilariantes,
não duvidem...

Anónimo disse...

Ora muito bem já se passou o Inverno estamos na Primavera e par o verão já não falta muito e como sabemos é muito curto na nossa Ilha das Flores . A preposito desta conversa e como não estou na Ilha das Flores mas encontro-me preocupado pergunto a alguém que esteja na Ilha se o Governo Regional já mandou começar a Marina nas Lajes. Sem mais o meu muito obrigado a quem responder José António.

Paulo Henriques disse...

Não ponho em causa o trabalho dos vereadores.Mas,será mesmo necessário?

Quanto à calçada, poderá ser escorregadia, ms não haverá forma de evitar isso?

Não contesto a obra de reabilitação da vila, porque bem que se precisava.Se a " Capital do Império" visse as nossas ruas, ficava com inveja!

Anónimo disse...

80 mil euros para uma festa? Êpá essa gente das flores é cara para se animar!

Anónimo disse...

Bem esta noticia da calçada esta em muito ultrapassada, pois a camara nao tem 2 variadores a tempo inteiro...a DRa. Elisabete está a chefiar o Centro de saude, pois já nao é variedora da Camara Municipal a tempo inteiro...
Para quem não gostava dela são boas noticias...mesmo assim ganha por dois lados nao sei se isto anima a alguns...

Anónimo disse...

Bem a festa do S. João vai ficar mesmo cara pois os Xutos e Pontapes custam qualquer coisa como 40 mil euros....bem não deve haver dinheiro que reste para o som...nem para os carros alegoricos,etc,,,etc..sardinhada podem bem esquecer....alguem vai ficar chateado...mas quem toma conta agora das festasé a juventudo enfim...aquela cambada....enfim nao sei como fizeram aquele acordo...ao menos dantes era menos mal..mais que 1 artista etc...e havia sardinhada..ehh

farto de mamões... disse...

Não vamos ser hipócritas.

Os mamões cá da paróquia lutam por esses lugares como os cães lutam por um osso...

Se não fossem esses "lugarinhos" , o que é que essa gente fazia, e mais, o que é eles sabem fazer?

Na verdade, hoje em dia, "investir" numa carreira politica é mais proveitosa do que criar uma empresa ou manter uma actividade liberal.

Trabalha-se pouco; recebe-se mais ou menos; viaja-se e janta-se por requisição; não se tem o fisco, a inspecção de trabalho e a segurança social para chatear; e tem-se sempre os parvalhões dos contribuintes a abastecer a manjedoura,etc.

Alguns até, candidatam-se (vejam lá!) com grande sacríficio pessoal e da família!

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

muito bem senhor farto de mamões , eles com o meu voto e mais tres de casa não chegam a subir o poleiro.

Anónimo disse...

O Paulo Henriques não me respondeu à questão... limitou-se a voltar a dizer que "só" acha desnecessário! Explique-me o que faz um vereador e porque acha que 2 é muito! Não é só dizer por dizer, justifique sff.

Anónimo disse...

O J. Costa sabe sempre mais que os outros... só não sabe é arranjar o autoclismo e depois só sai mer#""!
Alguém falou no Tony Carreira, seria muito bom, mas não tenham dúvidas que o cachet deste senhor é bastante superior ao dos Xutos!

Pena é que este blogue tenha sido uma vez mais para ataques pessoais, neste caso contra a Drª. Elizabete... já vem sendo habito, o que prova que esta ilha está cheia de dor de cotovelo! Muita muita...

Quanto ao Mamões é continuar à espera, as eleições estão à porta, há partidos sem candidato, quem sabe ele nos reserve um surpresa. Terá coragem?

Paulo Henriques disse...

Caro anónimo das 14.10, poderei responder, mas identifique-se sff.Saia da casca!

E aqui ninguém atacou ninguém.

farto de mamões... disse...

O "Farto de Mamões" já disse aqui duas ou três vezes que não quer "tirar o pão a ninguém".

Graças a Deus não preciso.

Já ganhei muito dinheiro, mas tive que vergar a mola!

Anónimo disse...

Não!

Anónimo disse...

Mas agora o Paulo Henriiques é PJ!?!

Anónimo disse...

Ganhaste muito dinheiro ó Mamões, és é um hipócrita! Se precisasses fazias alguma coisa por ti e se calhar pelos outros, como não precisas porque és rico tás-te nas tintas e limitas-te a mandar bitaites num blogue! És é pobre e é de espírito... Se te candidatares à câmara de Sta Cruz eu próprio contribuo pra tua campanha!

Anónimo disse...

Essa é boa Sr. Paulo Henriques, o rapaz até tem razão em pedir explicações e o Sr. se calhar porque não tem argumentos pede-lhe que se identifique. Uma coisa não tem a ver com outra.
Frederico Gil, Cedros

J.Costa disse...

Caro anónimo das 14h32,
como não sabe, passo a explicar que
em relação a certos atributos seus,não são os meus.
Diga algo de positivo ou verdadeiro
e deixe-se de ser advogado de defesa de quem só sabe mamar à
custa do erário público.Fica-lhe
mal certas atitudes vindas de alguem que ser quer passar por
Nelson Mandela ou alguem do genero.

Paulo Henriques disse...

Respondendo ao bando de anónimos (já agora cumprimentos ao J.Costa que lá vai dando a cara):

Volto a tocar na tecla de que para uma Autarquia com 2500 pessoas, e uma outra com 1500, é um luxo ter 2 vereadores a tempo inteiro mais um presidente!

Um vereador será à partida o braço-direito do presidente, e exercerá uma série de funções em forma de complemento à actividade do presidente. Sei que há obras a acompanhar, há que estudar legislação, representar a Câmara em diversos eventos,atender os Munícipes,etc.

Mas também sei que quem abraça a "coisa pública" deveria estar consciente que se tiver que ser autarca 24 horas, terá que sê-lo.Afinal não recebem assim tão pouco.(basta clicar em cima da frase "2 vereadores").Afinal estão ou não ao serviço dos cidadãos? Se tiverem que fazer o trabalho de 2, façam-no!

Há uns anos atrás vi um Presidente de Santa Cruz a ajudar os trabalhadores na Avenida dos Baleeiros, e acho que só lhe ficou bem.

Sei que essa resposta não agradará aos anónimos e que voltarão à carga...

Fernando disse...

Boa escolha Paulo!
Este assunto relacionado com os Vereadores é como o picante, faz deitar a língua de fora mas “Ponha mais por favor”.
Parece haver dois tipos de vereadores. Aqueles que são pessoas de caractere, sabem as suas responsabilidades e trabalham para servir a comunidade – São certamente dignos dos seus salários.
E os outros, aqueles que acham-se superiores a tudo e todos, por isso é o dever da comunidade de os suportar mesmo que pouco o nada fazem. È só fachada.

Anónimo disse...

Ó Sr. J.Costa penso que se calhar exagerei na dureza das minhas palavras e por isso peço desculpa. Penso que baixei um pouco o nível e esta livre discussão não merecia isso!
Quanto ao Mandela não percebi nem faz sentido, mas as minhas ideias sobre o "seu amigo" estão explicadas no comentário das 12.05... Falar e acusar não chega... quero ver acção!

Anónimo disse...

o joni das lajes vai para ai mandar
e não preçisa de variadores so de um tactor de lagartas nem preçisa destes pequenos empresarios vem tudo trabalhar para a camara já vem gente trabalhar para a qui aonde esta o joni esta o progreço

Anónimo disse...

e o joni põe aqueles moços todos de s. cruz a cartar de cesto e saca de capucho terra todo o dia.

Anónimo disse...

Quem sabe é que manda,e nós somos trabalhadores devemos obedece-los.

Anónimo disse...

mas há um que diz que o joni só precisa de um tractor de lagartas. pergunto se é para revirar santa cruz de pernas para o ar.