quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Três empresas concorrem ao serviço de transporte público colectivo rodoviário de passageiros na ilha das Flores

Três empresas, duas do Norte do país e uma dos Açores, concorreram à prestação do serviço de transporte público colectivo [rodoviário] de passageiros na ilha das Flores.

A abertura das três propostas foi feita [hoje de manhã] na Secretaria Regional da Ciência, Tecnologia e Equipamentos, em Ponta Delgada [ilha de São Miguel], tendo a ViFlores (empresa de Viação das Flores), dos Açores, apresentado a proposta mais elevada [no valor] de 348 mil euros anuais.

A TransColVia (Transportes Colectivos de Viana do Castelo), apresentou um orçamento anual de 331 mil euros, enquanto a UTC (União de Transportes dos Carvalhos Lda.), do Porto, foi a que apresentou o valor mais baixo de 250 mil euros.

As três empresas propõem-se a garantir um serviço regular de transporte público na ilha das Flores, até agora praticamente inexistente e que garante apenas o transporte escolar naquela ilha do Arquipélago dos Açores.

Rui Santos, do Serviço Coordenador dos Transportes Terrestres dos Açores, admite que o actual serviço foi perdendo qualidade e que por isso este é o "timing" adequado para arrancar com o concurso. "O objectivo é a cobertura total da ilha das Flores em termos de transporte público regular de passageiros com horários que estão definidos no caderno de encargos", adiantou.

Até ao final do ano vai ser possível saber qual o vencedor do concurso público que vai garantir cinco itinerários de uma ponta à outra da ilha [Ponta Delgada-Santa Cruz; Santa Cruz-Lajes; Lajes-Lomba; Lajes-Fajã Grande; Fajã Grande-Santa Cruz, via Costa e ainda no horário de Verão, Fajã Grande-Santa Cruz], consistindo "uma mais-valia para habitantes e turistas", segundo o responsável pelos Transportes nos Açores.


Notícia: «Diário de Notícias», RTP/Antena 1 Açores e o sempre inestimável "serviço informativo" do GACS [Gabinete de Apoio à Comunicação Social, da Presidência do Governo Regional dos Açores].
Anteriormente, já havíamos dado nota de que tinha sido "Aberto concurso público para o serviço de transporte colectivo rodoviário de passageiros na ilha das Flores".

Saudações florentinas!!

9 comentários:

Anónimo disse...

Para andarem a passear ar em volta da Ilha . Ninguem anda de autocarro .

DR.PARDAL disse...

Se tivessem feito um «ajuste directo» com o Braga, no fim ainda restava dinheiro...

Anónimo disse...

Este Dr. Pardal é parecido com um par de botas velhas . Tm o intestino grosso ligado directamente no seu pequeno cérebro .

Anónimo disse...

o dr.pardal sonha com o Braga.
Porque será?
Será do guaraná?

Anónimo disse...

ainda bem ja possa deixar o carro em casa

Anónimo disse...

O que é isso , Viflores ? não aparece em lado nenhum ...

DR.PARDAL disse...

Só falei no Braga, pois ele é como o "Modelo": «preços baixos sempre!».

Com dois «mini-bus» fazia-se um bom serviço ao longo da ilha; um sediado em cada sede de concelho e com intersecções
nas respectivas rotas.

Eu só queria uma solução barata ou uma solução «tipo moulinex»: uma ideia que funcione.

Provavelmente o anónimo das 00:06 preconize «metro de superfície», já que o cérebro oco do poltrão deve estar ligado directamente à cloaca...

Fórum ilha das Flores disse...

Adenda informativa através duma notícia do «Jornal Diário»...

Nos termos da legislação do actual Código dos Contratos Públicos, segue-se agora a análise das [três] propostas apresentadas.
Os critérios de avaliação, referidos no respectivo caderno de encargos [do concurso internacional para o transporte colectivo regular de passageiros para a ilha das Flores], contemplam não só o valor da proposta anual apresentado pela empresa para a prestação do serviço público, mas também [outros] critérios económicos, a garantia de qualidade do serviço e as próprias condições e características dos autocarros afectos ao transporte colectivo.
Até ao final do ano, refere a Direcção Regional dos Equipamentos e Transportes Terrestres, será adjudicada a uma das [três] empresas o serviço público que assegure o transporte colectivo [de passageiros] na ilha das Flores.

Anónimo disse...

Estive a investigar a empresa com melhor preço. A UTC. Cá vai o site dela www.utc.pt. Vejam o blogue utc que se acede pelo site. Espectáculo!