segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Crianças da Escola de Santa Cruz chegaram tarde às aulas na 5ª-feira

As crianças da Escola Básica e Integrada de Santa Cruz das Flores chegaram [na passada quinta-feira, dia 18] tarde às aulas devido a atrasos no transporte [escolar] de autocarros, porque metade dos condutores está de baixa médica. A Associação de Municípios das Flores duvida da veracidade de alguns [desses] atestados [médicos].

A Associação de Municípios da ilha das Flores tem seis condutores no seu quadro [de trabalhadores], sendo eles quem assegura o transporte colectivo de passageiros e também o transporte de crianças para as escolas. Só que desses seis, apenas dois [condutores] estão [presentemente] ao serviço e os restantes quatro [encontram-se] de [baixa com] atestado médico. Manuel Pereira, presidente da Associação de Municípios da ilha das Flores afirma que, desta forma, o serviço não pode continuar.

Por falta de condutores, o serviço de transporte de passageiros [na ilha das Flores] não se realizou na [passada] quarta-feira [dia 17] e na quinta-feira [dia 18] várias crianças chegaram atrasadas às aulas devido ao reduzido número de autocarros a operar. Manuel Pereira duvida da veracidade de alguns atestados [médicos] e as autarquias de Santa Cruz e das Lajesdisponibilizaram, entretanto, três condutores municipais para salvaguardar o transporte [escolar] das crianças.

Enquanto isto, a Associação de Municípios da ilha das Floressolicitou, por duas vezes, junto do Centro de Saúde de Santa Cruz, a verificação das doenças dos respectivos condutores, à procura de eventuais baixas [médicas] fraudulentas.


Notícia: RTP/Antena 1 Açores.
Saudações florentinas!!

18 comentários:

Anónimo disse...

Não duvido da doença de cada um, mas isso do Centro de Saúde ir verificar os atestados é uma treta.
Certamente que quem assinou os atestados foi a pessoa que os foi fiscalizar..lol
Assim continua tudo na mesma...
País de LOUCOS....

Anónimo disse...

O sr Manuel Pereira insinua que os médicos do cs são corruptos.Como se classifica uma pessoa que retira folhas do livro de facturas da AMIF, para não pagar as dividas ?
Como se classifica uma pessao que usa dinheiro da camara em proveito pessoal?
Como se classifica uma pessoa que tem trabalhadores na Camra como codutores e paga~lhes como serventes?
Como se classifica alguem que admite para a camara pesoal pela porta do cavalo?
E os médicos é que são corruptos?

Anónimo disse...

É mau quando os políticos não confiam nos médicos que têm nesta pequena Ilha !!!
Porque será ?????

Anónimo disse...

Será que a nova empresa vai ser obrigada a contratar condutores nas Flores ou vai trazer pessoal de fora?

DR.PARDAL disse...

Com tanto desemprego que por aí há, era bom que esses condutores se tratassem.

Anónimo disse...

A Doitira Emiliana e Doitor Sidonio são pessoas hunestas os outros não conheco mas tambem devem ser

Anónimo disse...

De facto os medicos facilitam os atestados e até as baixas.
Eu posso provar a qualquer pessoa que os medicos que estão nas Flores passam baixas sem as pessoas estarem doentes.
Basta uma pessoa ir ao médico e dizer-lhe que.Ó Sr, Doutor eu não ando bom pode me passar uma baixa e ele passa e depois passa mais uma e uma e essas mesmas pessoas já estão em casa a fazer a sua vida´há cerca de um ano e esta an.

Anónimo disse...

Em relação aos condutores de baixa pois talvez algum esteja a fazer a sua vida lá pela terra porque de atestado se ganha e o resto são cantigas.

Anónimo disse...

Basta o presidente da associação dizer que a nova empresa vai trazer condutores de fora que aparece toda agente ao serviço.

Anónimo disse...

Ó Dr.Pardal voce está a gosar porque desemprego não há, há é falta de quem quer trabalhar.

Anónimo disse...

Essa das baixas é muito certa~, a minha visinha já está de baixa á cerca de um ano e vejo-a todos os dias a paciar e até já a vi de serviço em outro lugar sem ser o que ela tinha.

Anónimo disse...

Cinquenta por cento do pessoal que viaja na SATA vai á consulta ao exterior por conta do governo, poucos são os que vão doentes poque eu tambem já fui e dá jeito.

DR.PARDAL disse...

Sr. Anónimo das 22:26, de terça-feira, não te esqueças que em S. Miguel há já muitos desempregados e alguns motoristas com vontade de trabalhar não se importariam de irem para as Flores.

Os condutores das Flores que mexem o «cuzinho» pois a mama das baixas e viajar por causa duma constipaçãozinha vai acabar.

O FDM BEM AVISOU!

Anónimo disse...

eu não acredito que nas flores haja pessoal sem trabalho com tantas obras do governo em curso. pode sim é haver falta de vontade de trabalhar. a mim nunca me faltou trabalho quando estive alguns tempos atras sem trabalho fui dar dias a semear batatas fazer camalhoes de batata doce.

Anónimo disse...

metam-se na sa vida e deixem se de mnexericos...

Anónimo disse...

olha...olha... o anónimo das 14,50 que está a ficar chateado com a conversa do trabalho se calhar está a receber ordenado minimo e com tanto trabalho nesta terra.

Anónimo disse...

porque será que os condutores de autocarro tambem nao podem ficar doentes como todas as outras pessoas? coincidencia ou nao o que é verdade é que com a miseria que ganham porque haveriam de ir trabalhar mesmo com uma simples dor de cabeça... dá que pensar...
pois alguns ganham muito só por estarem numa cadeira sentados a lixar o parceiro.

Anónimo disse...

Hardlink

Re: Ociosidade: Aqui no Canadá também é assim; há muito desemprego
e muito trabalho.
Os alto-qualificados não trabalham em serviços indignos que possam obscurecer as suas qalificações.

Então, ficam desempregados até aparecer serviços qualificados que correspondam aos seus estudos.

Os sem classificação, também não
podem ser admitidos a trabalhos que requerem (pelo menos) algum estudo. Vão esses para casa e receber algum 'pilim' da ajuda social.
O mundo anda todo assim. Isto faz parte da democracia. Agora há mais ociosos do que no tempo da ditadura. Isto é por toda a parte.
DCA
Hardlink