sábado, 14 de agosto de 2010

Alguns trilhos pedestres florentinos #2

PR4FLO: Fajã de Lopo Vaz

Este percurso começa e termina junto ao miradouro da Fajã de Lopo Vaz, com grau de dificuldade de nível médio tem a duração total de cerca de 2 horas numa extensão de 4 quilómetros.

Progride-se por uma descida em que o trilho alterna entre terra batida, calçada e degraus em pedra, até chegar à Fajã de Lopo Vaz. É necessário algum cuidado durante o percurso devido à possível queda de pedras da falésia. A exploração desta Fajã fica ao critério de cada pedestrianista. Nela existe uma fonte com água potável, uma praia, pequenos terrenos agrícolas e podem avistar-se cabras selvagens. Como a Fajã de Lopo Vaz não tem saída, o retorno tem de ser feito pelo mesmo caminho até chegar de novo a este local.


Todo o percurso atravessa uma Zona de Protecção Especial. É responsabilidade de todos contribuirmos para a sua protecção, bem como assegurar a sua biodiversidade através da conservação deste habitat.

Informações do portal Trail-Azores e do Guia Turístico dos Açores.

Saudações florentinas!!

3 comentários:

César João disse...

Caros administradores do Fórum,
acabei de nomear o fórum Ilha das Flores, para os blogues Ouro-2010.
Sendo este blogue, o mais lido da nossa Ilha e, que mais informação tem dado sobre a mesma, há uns anos a esta parte, decidi fazê-lo.
Bom Domingo a todos.

Anónimo disse...

O caminho da fajã Lopes Vaz tem apenas cerca de um kilometro e não que dizem para aqui. Se não sabem ao menos tentem saber para não dizerem asneiras e apenas para o percorrer são 20 minutes a descer e 30 a subir.

DR.PARDAL disse...

Os trilhos pedestres são um pequeno tesouro ao alcance dos visitantes da Ilha das Flores.

É através destes trilhos que o turista/visitante que observa e entra em contacto com a beleza selvagem da nossa ilha.

Ainda há dias acompanhei um casal amigo (estrangeiro) e este ficou maravilhado com tanta beleza escondida que não vem nos guias turísticos (e ainda bem, acrescento).

Percorri de carro o caminho da Lomba dos Frades onde se avista o «vale lajense» e os respectivos contrafortes completamente bordados com hortênsias.

Outro precurso que este casal apreciou foi o novíssimo troço que liga a velhinha «estrada do mato» até à zona dos «ferros velhos», à entrada da freguesia de Ponta Delgada.

É justo realçar que as vias rodoviárias na Ilha das Flores melhoraram muito nestes últimos anos.

«Mestre» Contente, não brinca em serviço...