sexta-feira, 20 de agosto de 2010

«RTP Açores: 35 anos, 35 freguesias»

No âmbito da comemoração dos seus 35 anos, a RTP Açores tem vindo a transmitir (diariamente) o programa «35 anos, 35 freguesias».
Com apresentação do jornalista Vasco Pernes e edição de imagem a cargo de Rui Machado, neste seu programa a televisão regional percorre as freguesias mais pequenas dos Açores - aquelas com menos de quinhentos habitantes - mostrando a sua produção cultural, as suas vivências em comunidade, a sua gastronomia típica e as suas gentes.
Ontem o programa esteve a ser filmado na Fajãzinha, hoje (ao final da tarde) sê-lo-á na freguesia da Fazenda.

Saudações florentinas!!

11 comentários:

DR.PARDAL disse...

Já tive oportunidade de ver alguns programas desta série aniversariante da RTP-Açores, nomeadamente sobre algumas pequenas freguesias de S.Jorge e do Faial, e fiquei bastante satisfeito pela nossa televisão mostrar a beleza e a autenticidade dos nossos «Açores profundos».

Espero que os programas sobre a Fajãzinha - uma das pérolas da nossa ilha! - e sobre a Fazenda sejam interessantes e representativos da verdadeira ilha das Flores.

Outras freguesias da nossa Ilha - talvez todas! - seriam boas candidatas a entrar nesse programa.

Estou-me a lembrar do Lajedo (e da Costa do Lajedo),e que devido ao seu isolamento e intensa ruralidade, seria sem dúvida uma freguesia que corresponderia por inteiro à epígrafe do programa.

Aguardemos.

Anónimo disse...

Esses individuos só veem às Flores para comer e beber à custa do Zé povinho.Rua com essa canalha.Vão fazer programas sobre a miseria de S. Miguel pois é dela que a rtp fala 99% do tempo de antena.Ja fazem o programa sobre a gastronomia para andarem um verão inteiro com a ementa variada. Vão comer chicharros assados cambada de imbecis.

Anónimo disse...

"Sendo este um espaço livre de troca de ideias e opiniões, a equipa de "administração" do «Fórum ilha das Flores» não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários aqui colocados, contudo apela-se ao bom senso, sentido de responsabilidade e civismo d@s comentador@s"


é este texto que se pode ler no inicio deste magnifico meio de divulgar a ilha das Flores, que tive muito gosto de visitar em trabalho tal como faço muitas vezes em férias. se tinha por cá muitos amigos, fiz desta vaz ainda mais. conheci gente interessante simples mas culta , gente que faz tudo pela sua terra ,e que tem orgulho em ser Florentino. por isso ( e até tive vontade) mas não vou dar resposta a este ignorante. até porque até os ignorantes têm nome. tudo o resto foi maravilhoso. foi das ilhas em que com mais gosto trabalhei. eu e a minha equipa, agradecemos a todos os que entenderam os objectivos do programa, aos outros tambem. mas tenham cuidado, estes anónimos não devem ser boa gente e vão ficar por cá. por mim só cá venho de vez em quando!e estes tipos fazem mal á saude publica ! um abraço

Vasco Pernes
Jornalista RTP
vasco.pernes@rtp.pt

José António disse...

Quero aqui frisar o exelente trabalho que a RTP Açores teve a realizar aqui na ilha das Flores e pelos Açores a divulgar a nossa cultura. Ao contrário de que alguns pessoas npossam dizer ou pensar com maldade estes nem se liga. Isto foi um projecto de exelentes profissionais tal como os amigos Vasco, Rui e o José, continuam sempre assim, porque tudo o que for para divulgar os Açores sera sempre nbem vindo.

DR.PARDAL disse...

De facto o comentário excessivo e arisco do
comentador das 08:57 de 21.08.2010 é claramente injusto.

Como diria o Diácono Remédios: «não havia nexexidade...»

Anónimo disse...

a verdade é que a RTP-Açores é uma vergonha, sou açoriano e vivo no estrangeiro e tenho vergonha desta RTP-Açores, os jornalistas bem como todo o conteúdo programatico é uma miséria! Esta é a verdade nua e crua...a RTP_Açores é uma vergona e das grandes, mais valia o governo desgovernado do Sr. Carlos Cesar fechar esta estação, afinal é uma estação com capititais publicos. Acho que os profissionais que trabalham nesta estação das duas uma, ou são imcompetentes ou não tem autonomia ou condições de trabalho para mudarem pequenas coisas ridiculas que nao se vè em outras estações...bem cada uma como cada qual!!! Foi por coisas como estas que abandonei estes Açores,é dificil mudar mentalidades retordas.
Antonio Martins
França

Anónimo disse...

É por essas e por outras que não vale a pena fazer nada por essa cambada de ignorantes.
Desaparecer do mapa é o que mereciam, o problema é que são só meia duzia e os outros tem que pagar pelo que eles dizem, antes de abrirem boca deviam saber do que estão a falar! Mesmo ignorantes e se calhar nem florentinos são, estão aqui a matar a fome e só sabem é dizer mal!

Anónimo disse...

Vejo que há mais gente com a opinião do anonimo das 8H57.Tenham vergonha senhores, tenham vergonha.Para dar esta imagem das Flores, por favor, não mostrem o resto, porque nas Flores ainda existe gente que sabe falar,coisas bonitas que não lhes convem divulgar,...

FlorentinaDeGema disse...

Caros(as) Senhores(as)...
É de lamentar e é inadmissível alguns comentários aqui feitos.
É certo que na maioria das vezes a Ilha que mais destaque tem na RTP-Açores é São Miguel.
Mas vejamos... Não há todos os dias notícias nas Ilhas mais pequenas que interessem a população açoriana. Inadmissível era se a RTP-Açores transmitisse quem se divorciou, quem traiu quem (como alguns de vocês desejariam).

Este 35 anos RTP-Açores/35 Freguesias veio mostrar o que de bom temos. Veio mostrar a nossa gastronomia, a nossa cultura e os nossos valores. A RTP-Açores falou com gente simples, mas de certa forma inteligente, culta e muito simpática.
Este programa veio valorizar a nossa terra, a nossa comunidade, a nossa cultura. Este programa mostrou aos outros aquilo que temos cá "dentro". Este programa ajudou a mostrar a beleza que temos na nossa Ilha e isso só valoriza o turismo.

Meus Senhores(as) se nada têm para fazer, se nada fazem por esta Ilha, não critiquem aqueles que querem melhor...

Boa Noite

Anónimo disse...

o que vejo nestes comentários ha aqueles com gema florentina e outros nao.isto foi um projecto de divulgaçao das pequenas freguesias com pessoas simples nao de politica. Qur Deus de saude e juizo a quem nao sabe comentar. sr antonio de frança se voce fosse acoriano nao falava assim porque açorianos desses os açores nao precisam, rua com eles. Sou açoriano e tenho muito orgulho de o ser, doi me a alma de ouvir falar tao mal dos açores e da tv.

Anónimo disse...

Eu nao concordo com este ultimo comentario, se existem coisas mal e erradas lá por serem açorianas não quer dizer que não se fale ou se mude para melhor, o sr antonio frança disse o que pensava e acho que esta certo, pode ter sido um pouco arrogante mas de facto á que aceitar criticas para mudar coisas e evoluir, de resto estes parolos que andam para ai a falar de comer de graça sao uns inuteis.....tive o prazer de trabalhar com 2 ou 3 pessoas da delegaçao da rtp da terceira uma delas ate foi minha professora e sao todos grandes profissionais, sem duvida alguma.
Força RTP Açores parabens!!!
Um abraço do sul do pais!!