quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Plano de ordenamento das bacias hidrográficas das lagoas florentinas

O investimento para elaborar o ordenamento das bacias hidrográficas na ilha das Flores será de 230 mil euros comparticipados com fundos comunitários do ProConvergência.

O Executivo [Regional] vai avançar com o plano de ordenamento das bacias hidrográficas das lagoas Branca, Negra, Funda, Comprida, Rasa, Lomba e das Patas na ilha das Flores. O plano será coordenado pela Direcção Regional do Ordenamento do Território e dos Recursos Hídricos e vai ser executado pela consórcio Atkins/Espaço e Desenvolvimento(ED), estando prevista a sua conclusão para meados de 2012.

De acordo com a tutela, a finalidade da elaboração deste plano traduz a consciência da importância do planeamento territorial e do planeamento dos recursos hídricos integrados, visando a obtenção de instrumentos que promovam a salvaguarda e valorização ambiental dos recursos naturais, incluindo a preservação do estado da qualidade da água das lagoas. O interesse público prosseguido com a elaboração deste plano tem como objectivos garantir não apenas a melhoria da qualidade das águas, mas também conservar e proteger os ecossistemas e a paisagem.


Notícia: «Jornal Diário», «Açoriano Oriental», rádio Atlântida, RDP/Antena 1 Açores, jornal «Correio do Norte» e o inestimável "serviço informativo" do GACS [Gabinete de Apoio à Comunicação Social, da Presidência do Governo Regional dos Açores].
Saudações florentinas!!

12 comentários:

Anónimo disse...

Em matéria de investimentos turisticos, o grupo ocidental é nos Açores o mais apetecido.

Diz quem sabe.

DR.PARDAL disse...

Este investimento é bem necessário, pois à semelhança das lagoas de S.Miguel, as lagoas da Ilha das Flores (todas no concelho das Lages!) são o nosso ex-libris.

Ainda a semana passada fiz o roteiro habitual das 7 lagoas, na companhia dum casal amigo estrangeiro, e tive oportunidade de verificar alguma degradação natural ou eutrofização das nossas lagoas, em especial a da Lomba, a Rasa e a Branca (ou da água branca que já não é branca!).

Um outro reparo que devo fazer é quanto a sinalética e quanto à segurança do acesso às mesmas.

Os acessos rodoviários não estão resguardados com proteccções metálicas ou muros de pedra e os miradouros não estão protegidos com cercas de madeira.

Alerto para esta situação pois qualquer dia, um qualquer turista com carro ou a pé (principalmente crianças) poderá sumir-se naqueles perigosos precipícios e vegetação densa.

Um alerta do Dr.Pardal em prol da segurança de quem visita estes ex-libris naturais da nossa Ilha.

Anónimo disse...

gostei de ler o artigo do pardal segurança é muito importante.

Anónimo disse...

Gostei de ler os comentários dos anónimos das 9,44e 15,05 A Ilha das Flores é como diz a Marcha da Juventude da Festa do Imigrante.Ilha das Flores és um Paraíso.

Anónimo disse...

O Pardal é muito entendido.

Anónimo disse...

As belezas naturais que o turista gosta ficam no Concelho das Lajes e o Governo faz os Hoteis é em Santa Cruz. Só visto, contado ninguem acredita. Eu na Terceira conheço o Aeroporto nas Lajes e os hoteis na cidade de Angra. Neste caso não sei porque o Governo Regional não fez aquele novo Hotel de Santa cruz nas Lajes já que lá existia um.Assina o sempre atento para o melhor do Concelho das Lajes.

DR.PARDAL disse...

Anónimo das 21:04 de ontem:

Ora aí está um comentário inteligente, raro nas «eras d'hoje»...

Anónimo disse...

Até admira estar assim com tanta falta de segurança e sendo tudo no concelho das Lages, porque o delegado das obras públicas so vê o concelho das Lages,a parte norte de Santa Cruz a monda tapa os otozaives, é o que temos na nossa ilha (vira casacas) que sempre foram PSD e agora são PS.

Anónimo disse...

qual é o problema mudar de partido, eu também era psd e agora sou ps e trabalho por minha conta.

Anónimo disse...

vai para o lado k lhe dá mais jeito não é?donde lhe enche o bolso.

Anónimo disse...

Pena é que sejam raros os que mudam do partido do governo para o da oposição. Mudar de partido noutras quaiquer circuntâncias é oportunismo e falta de principios. 90% dos que mudam é atrás da teta

Anónimo disse...

caro anonimo do dia 22 as 8.43 agora é que disseste tens toda a razão , uma corja de intereceiros e sem vergonha na cara, se o governo mudar eles tornam a mudar ninguem tenha duvidas disso.