segunda-feira, 2 de agosto de 2010

€mpresas municipais muito endividadas

São mais de 20 as empresas municipais existentes na Região, distribuídas por 14 municípios açorianos.

São cada vez mais as empresas municipais nos Açores com dificuldades financeiras. Foram criadas, nos últimos anos, mais de duas dezenas de empresas municipais que actuam em áreas como ambiente, cultura, acção social e habitação, distribuídas por 14 dos 19 municípios dos Açores.

Com a alteração da lei de finanças locais e o facto de algumas destas empresas [municipais] estarem em risco de falência, devido ao seu endividamento, é no entender de João Ponte, presidente da Associação de Municípios dos Açores, "uma situação preocupante". O governante local considera que o [presente] problema de endividamento não será, no entanto, grave se as autarquias "assumirem [no futuro] as suas responsabilidades".

Refira-se que as empresas municipais permitem às autarquias ultrapassar limites de endividamento e a contratação de mais funcionários.


Notícia: «Jornal Diário» e «Telejornal» da RTP/Açores (com vídeo).
Adicionalmente, leia-se também uma notícia do «Jornal de Negócios»: "Empresas municipais agravam a dívida pública".

Saudações florentinas!!

3 comentários:

Anónimo disse...

Não estão a pensar que seja a das Lajes das Flores pois não???é que essa anda de vento em popa graças ao seu presidente que tudo faz pelo bem estar das pessoas,ao contrário de muitos presidentes que andam so engravatadinhos...e mais não digo.

Anónimo disse...

nao precisas dizer nada...os resultados estao a vista de todos, so nao ve quem nao quer ou e cego!!!

DR.PARDAL disse...

As «empresas municipais» são um autêntico bluff.

Foram criadas para desorçamentar despesas e dívidas e empregar boys e girls afectos à chapa ganhadora.

Uma lei para acabar com estes «trotes» aos contribuintes seria muito bem vinda!