quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Gê-Questa faz voluntariado nas Flores

A Associação de Defesa do Ambiente dos Açores (Gê-Questa) está a organizar uma acção quinzenal de voluntariado ambiental na ilha das Flores.

Esta iniciativa foi dividida em três turnos, sendo que o primeiro já se realizou em Agosto na Graciosa, e o segundo teve início ontem e termina no dia 16 de Setembro na ilha das Flores e o terceiro turno decorrerá de 23 de Setembro a 7 de Outubro na ilha Terceira.

Segundo o coordenador desta iniciativa, o objectivo deste voluntariado é criar um intercâmbio ambiental entre os jovens, simultaneamente proporcionando-lhes momentos de lazer e de responsabilidade ambiental. Os oito voluntários, que (desde ontem) participam neste evento, vão colaborar em diversas actividades entre as quais limpeza de trilhos pedestres, recolha de lixo na orla costeira e eliminação de flora invasora em locais sensíveis, como adiantou José Silva.


Notícia: rádio Atlântida.
Saudações florentinas!!

4 comentários:

Anónimo disse...

A iniciativa é de louvar e esperemos que seja a primeira de muitos do género, no entanto é triste as próprias pessoas aqui das Flores não terem esse tipo de iniciativa e fazerem qualquer coisa pelo ambiente e pela beleza de ilha...
Enfim...
Ao menos que colaborem nesta iniciativa e nesta causa!

DR.PARDAL disse...

Terminada a série de programas sobre as freguesias mais pequenas dos Açores, nas quais se incluiram quase todas todas as freguesias rurais da Ilha das Flores(com a excepção do Mosteiro, salvo erro), e na sequência dos eventos comemorativos do 35º aniversário da RTP-Açores, é justo realçar o excelente trabalho produzido pela equipa chefiada pelo jornalista Vasco Pernes.

Com estes programas simples e divertidos, os Açorianos ( os residentes e os emigrados) tiveram oportunidade de apreciar as vivências e as tradiçõpes das nossas freguesias.

Com excepção de dois ou três cromos ou jarrões decorativos, todos os programas mostraram a beleza, a autenticidade e a dignidade do nosso Povo.

Nesses programas apareceu muita gente anónima, mas culta, autêntica e interessada pela preservação dos nossos costumes e guardiães destas típicas aldeias cada vez mais despovoadas.

São eles os verdadeiros representantes e embaixadores da Ilha das Flores.

Desde os srs presidentes de junta; artesãos; donas de casa, lavradores , músicos,etc, as minhas mais sinceras felicitações por manterem o nome e a Ilha das Flores no mapa.

À RTP-Açores, muitas vezes criticada aqui - e mui justamente- o meu bem haja por este tipo de programas com divulgação global para o Mundo.

Anónimo disse...

Mosteiro também teve programa. Todas as freguesias das Flores, excepto Santa Cruz e Lajes foram alvo do 35! Bem-haja a todos, foi muito mas mesmo muito bom!

Fórum ilha das Flores disse...

A Gê-Questa já apresentou um breve relato das actividades nos primeiros dias deste voluntariado na ilha das Flores. Também podemos facultar algumas [uma, duas e três] fotografias duma recolha lixo efectuada no calhau da Fajã Grande, no âmbito deste voluntariado ambiental.