quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Inicia-se hoje o novo serviço rodoviário de transporte público de passageiros

O novo serviço de transporte público [rodoviário] de passageiros na ilha das Flores tem início nesta quarta-feira, sendo assegurado nos próximos 6 anos pela União de Transportes dos Carvalhos, que venceu o respectivo concurso público com um contrato anual de 260 mil euros.

A rede de transporte colectivo regular de passageiros que hoje é implementada na ilha das Flores, integra as carreiras Ponta Delgada-Santa Cruz, Santa Cruz-Lajes, Lajes-Fajã Grande e Fajã Grande-Santa Cruz, que serão asseguradas por uma frota de oito veículos novos (dos quais três com 54 lugares sentados, um com 43 lugares e quatro mini-bus com 27 lugares).

Os horários das carreiras estão divididos em três períodos distintos, que cobrem (#1) dias úteis em período escolar, (#2) dias úteis em período não escolar e (#3) época de Verão.

Este novo serviço de transporte colectivo [rodoviário] de passageiros [na ilha das Flores] pretende disponibilizar uma oferta que cubra as necessidades no período escolar, ajustando os horários fora desse período onde ocorre uma menor afluência de utentes. Nesse sentido, os horários das carreiras têm em conta a necessidade de garantir a chegada dos alunos aos estabelecimentos de ensino dentro dos horários lectivos, assegurando no final das aulas o seu regresso às localidades de origem.

Por outro lado, fica garantida a possibilidade de qualquer passageiro viajar de um extremo ao outro da ilha, realizando apenas transbordo de carreiras. As duas vilas das Flores, Santa Cruz e Lajes, serão servidas por carreiras regulares de manhã, ao início da tarde e ao final do dia.

Refira-se ainda que em período de Verão – meses de Julho e Agosto – a zona de veraneio da Fajã Grande fica servida com carreiras regulares directas a Santa Cruz (via Estrada do Mato) e à vila das Lajes. Desta forma garante-se que os utentes possam usufruir em pleno do dia na zona balnear.

Está também previsto para a vila de Santa Cruz, a criação de um pequeno circuito urbano permitindo que todas as carreiras passem pelos principais pontos da vila, nomeadamente as zonas do Aeroporto, Câmara Municipal, Escola Secundária e jardim municipal.


Notícia: «Açoriano Oriental», rádio Atlântida e o inestimável "serviço informativo" do GACS [Gabinete de Apoio à Comunicação Social, da Presidência do Governo Regional dos Açores].
Saudações florentinas!!

24 comentários:

DR.PARDAL disse...

Agora já não há justificação para essa rapaziada vir «à vila» todos os dias nas suas motorizadas, motoquatros ou trucks, para comerem uns humburguers ou empinarem umas cervejolas.

Também os mais crescedinhos que andam de carro ou carrinha por dá aquela palha, todo o santo dia de lá para cá, também têm que habituar-se a andarem nos transportes públicos, que por acaso até são muito luxuosos.

Vamos deixar os carrinhos em casa e assim poupamos combustível.

O ambiente e a carteira agradecem.

Anónimo disse...

E os taxis da nossa praça, tão habituados que estavam?

Os da motas de quatro rodas de motor aberto, vão aumentar as viajens, abrir mais o escape e gastar mais combustivel. Depois, para aquilo que é preciso, dizem que há crise e o governo que lhes dê.

Anónimo disse...

Era bom mas não acredito muito nisso. As pessoas estão mal habituadas, aqui e em todo o lado! LOL

Anónimo disse...

o anónimo das 9,59 diz e muito bem as pessoas estão mal habituadas em todo o lado e é verdade.

Anónimo disse...

Tenho uma moto4 de escape aberto como dizem e graças a Deus tenho dinheiro para a sustentar e ir á "vila" as vezes que me apetecer e bem entender!!!

Anónimo disse...

se já tive-ses pago algumas multas por andares a prejudicar o descaço das pessoas não falavas desta maneira, mas enfim...

Anónimo disse...

Como este mes é a visita do Governo à Ilha das Flores convem sempre lembrar os Senhores Deputados pelo Concelho das Lajes para pedir ao Governo o Centro de Saude para as Lajes. Assina o sempre atento para o melhor do Concelho das Lajes.

José Melo disse...

Algumas dessas moto 4 são uma vergonha,repito algumas,é uma barulheira e uma velocidade que não se entende.Aliás,vai-se entender quando atropelarem alguem...

Anónimo disse...

eu ouvi aqui no pico que vai haver grande festa na praia da calheta lajes das flores só tenho pena não poder lá estar.

DR.PARDAL disse...

Se eu fosse Presidente da Câmara essas «motoquatro» barulhentas e incomodativas não entravam na «vila» nem circulavam nas estradas regionais.

Essas máquinas devem andar nos caminhos do mato, nas canadas, nas veredas ou até nas ribeiras.

Anónimo disse...

Alguém sabe dizer os horários dos autocarros?será que o responsável por este blog o podia publicar, se soubesse,obrigado.

Anónimo disse...

Caro anónimo das 09:13, quanto ao barulho que a moto faz não posso fazer nada, não posso andar com ela desligada e quanto a ti em concreto se o barulho incomoda-te assim tanto, arranjas uns tampões para os ouvidos ou ouves só aquilo que puderes, ok?

Anónimo disse...

andam sem o filtro no cano de escape.

Anónimo disse...

Caro Dr Pardal, quando chegar á altura de mandares hás de proibir alguma coisa como por ex. as moto4 entrarem ou não na "vila", até lá reduz-te á tua insignificância...

E eu é que sou inhame? disse...

Boa dr.Pardal,vexa tem toda a razão.Toca a fazer uma petição para essas motos não circularem a partir das 22h00.As crianças,os idosos,e os doentes acamados, querem dormir.

DR.PARDAL disse...

Antes de «ser» presidente da Câmara, eu saberia o que fazer com essas ruidosas máquinas!

Era confiscá-las a/f do Tesouro e entregá-las a uma sucata!

Mai' nada!

António Neto disse...

Os horários estão afixados nas paragens, disponíveis no escritório da empresa UTC e brevemente, antes das aulas começarem, no site da UTC (www.utc.pt)

Anónimo disse...

a policia se aplica-se umas boas multas a estas motas já algum andava de lado á procura de onde arranjar dinheiro para pagalas.

DR.PARDAL disse...

Esses «mototetreiros» normalmente têm rabo gordo.

Por uma questão de saúde sugiro que troquem a «motox4» pela bicicleta de montanha, ou então, ainda mais saudável, pelo exercício físico que todos os mamíferos sabem fazer...

Anónimo disse...

Não sei porque é que a Policia ou a G.N.R das Flores não passa umas coimas a esse pessoal das moto-4, a lei existe e esta bem escrita,se não vejamos:
Artigo 90 do código da estrada REGRAS DE CONDUÇÃO as coimas podem ir até aos 150 euros;artigo 82 do codigo da estrada UTILIZAÇAO DE ACESSORIO DE SEGURANÇA(CAPACETE)AS COIMAS PODEM IR ATÉ AOS 600 EUROS;artigos 79 e 80 do codigo de estrada poluiçao do solo e do ar/poluição sonora as coimas podem ir até aos 600 euros; digo apenas estes no meio de muitos artigos.....como digo a lei esta lá so falta aplicar!!

Anónimo disse...

pois...pois...estes meninos se anda-sem com o filtro no cano de escape estas motas não fazia barulho. á poucos dias aqui ao pé da minha casa também havia um chico esperto que tinha a mania de andar a perturbar o silençio das pessoas foi apanhado e a multa deve doer que nunca mais ele aqui passou.

Anónimo disse...

este autocarros sao para transportar moscas? Quero me rir quando esta empresa compreender que as Flores nao ha gente para transportar de um lado par o outro,daqui a precisamente um ano eles vao abandonar as Flores.Anotem bem o meu comentario nas vossas memorias, daqui a um ano esta empresa vai embora das Flores. E quando é que a Camara Municipal e o Jardim Municipal de Santa Cruz é um dos pontos principais da Vila? Qual jardim? Aquilo é tudo menos um jardim! Voces so merecem o que tem, esta é a verdade!

Anónimo disse...

Tanta dor de cotovelo de não terem uma moto...

Anónimo disse...

então pelos vistos já há horários afixados,eu é que nunca me apercebi,ando mesmo de cabeça no ar,obrigado senhor António Neto.