sexta-feira, 3 de outubro de 2008

«Preto no Branco» #21

Eleições Legislativas Regionais 2008

É claro que o discurso formal recomenda dizer que em democracia o povo é soberano, que o voto é secreto, que não há vencedores nem vencidos antecipadamente, que só depois de contados os votos e feito o escrutínio se confirmará a vontade do eleitorado, blá, blá, blá...

As eleições [legislativas] regionais do próximo dia 19 estão decididas.

O PS, de Carlos César, ganha com maioria absoluta. Incerta é a dimensão da derrota do PSD. O CDS/PP não acabará por lucrar coisa significativa com o novo sistema eleitoral. Dos partidos actualmente sem representação parlamentar, o PPM dá tudo por tudo para eleger um deputado-novidade, e a CDU vai “dar o litro” para voltar à Assembleia [Legislativa Regional].

Curioso é notar que os cabeças de lista das duas pequenas forças (uma, à direita [PPM], outra, à esquerda [CDU]) à beira da eleição concorrem pelos círculos eleitorais das Flores [Paulo Valadão] e do Corvo [Paulo Estêvão].

Quanto às Flores, embora não se saiba se alguém vai ser capaz de capitalizar votos suficientes para “roubar” o segundo deputado do PS, já aqui havíamos dito, há meses, que existe uma percepção clara entre os florentinos da falta de uma voz da ilha que se faça ouvir na Região.

A questão agora é esta:

- Para que serve essa “voz” - só para que os florentinos ouçam falar da sua ilha nos órgãos de comunicação social?

- Qual a mais-valia para as Flores de um deputado dissonante – apenas “fazer barulho”, ou uma estratégia de não-alinhamento pode resultar objectivamente em benefícios para a terra?

- E do lado do PSD – em que medida um deputado do PSD pode fazer um trabalho mais profícuo que o [trabalho] dessa tal outra “voz isolada”?

- E quanto ao PS – o que é que dois deputados [do PS] eleitos pelas Flores vêm acrescentar a [apenas] um [deputado do PS], tratando-se da bancada que suporta o Governo [Regional]?

É a partir destas premissas que o debate deve ser lançado.

Bem sabemos que toda a gente se conhece nas Flores e que os candidatos podem ser directamente interpelados, a todo o tempo, por qualquer eleitor. Por outro lado, aqueles que estão eleitos e se recandidatam podem invocar sempre que têm tido ao longo dos últimos quatro anos os seus gabinetes abertos e todos os seus contactos disponíveis para ouvir, esclarecer e prestar contas a qualquer interessado. Invocarão ainda que no período de campanha promoverão diversas acções especialmente destinadas a apresentar os seus programas.

Isso, está tudo muito certo... porém, também sabemos que não abundam órgãos de comunicação social nas Flores (em rigor existem dois jornais) e que nos dias de hoje, sobretudo em política, a blogosfera já conquistou um espaço demasiado importante para ser defraudado. Antes pelo contrário, [a blogosfera] é um mecanismo fundamental de interacção, numa democracia com uma dimensão cada vez mais participativa.

Portanto, fica a sugestão:

Sendo o «Fórum ilha das Flores» o maior blogue da ilha, porque não, nesta altura especial, abrir um espaço com questões levantadas pelos visitantes/participantes, às quais os candidatos respondam, de igual para igual e “sem peneiras”? Afinal, mais não estariam que a corresponder a um elementar dever, inerente a todos quantos se propõem exercer um mandato.

É que, antes do “preto no branco” do dia 19, deve ficar “preto no branco” aquilo a que cada um se compromete e acredita, para que depois das eleições ninguém se esqueça que há-de haver sempre quem defenda o assumir de posições, por muito que custem, Preto no Branco.

Ricardo Alves Gomes

27 comentários:

farto de mamões... disse...

Ó Dr.Ricardo, se os mamões xuxialistas tiverem maioria absoluta eu atiro-me pela rocha abaixo...

Vade retro!

florencio disse...

Concordo.
Parece-me correcto o comentario, escandaliza-me um pouco as afirmações tais como:"vive-se melhor na ilha das flores" mas comparativamente ás ilhas maiores será que o progresso foi assim tão grande???
Mal estariamos se a qualidade de vida fosse semalhante á de duas decadas atrás.
Não faria qualquer sentido e creio que seria criminoso que tão pequenino desenvolvimento não se registasse, depois de tantos milhões injectados pela Europa.
Agora a minha questão é, criou-se emprego?? desenvolveu-se a industria??
Existe um porto capaz nas Flores??
A titulo de exemplo, ilha desde o Sec IX poderia ter um excelente porto mas devido á Horta ser capital de distrito o porto foi para o Faial, ainda hoje a administração portuaria é exercida na Horta.
Os deputados locais estão mais preocupados em defender os partidos do que desenvolver estrategias que contribuam para o progresso dos seus eleitores.
Só ausencia de rivalidade entre municipios, desenvolvimento de um espirito de defesa de ilha, com deputados e autarcas que ponham a ilha á frente dos partidarios as Flores terão o desevolvimento merecido.

florencio disse...

corrijo partidarios-digo partidos

Anónimo disse...

eu vou votar paulo valadão porque não tem vergonha de defender as flores perante o cesar ou qualquer outro por isso daqui vai a mensagem força valadão o pessoal tá contigo tu marcas a diferença, nunca te deixaste vender não há ninguem que politicamente te derrote

Anónimo disse...

Concordo com o artigo do Dr. Ricardo. Sou Florentino e vivo actualmente na ilha das Flores, sinto diariamente o peso de viver numa democracia imposta, onde não posso exercer livremente os meus ideais, convicções, ideologias politicas, pensamentos … enfim, sou um frustrado que trabalha para o Governo Regional. Nego-me abandonar a ilha, não vivo, sobrevivo! A minha esperança é dia 19 de Outubro ver esta maioria absoluta acabar, nego-me acreditar que existam pessoas felizes nesta Ilha, que tem tudo para ser um paraíso, mas não o é, pelo facto de existir dois ou três parasitas e uma maioria absoluta (Regional, Local e Nacional). A Ilha das Flores seria mais bela se existissem mais Ricardos! A esperança é a ultima a morrer, devemos dar o beneficio da dúvida aos novos candidatos a deputados pois os actuais já deram provas daquilo que não são capazes de fazer ou seja, defender os interesses da ilha e dos seus habitantes acima de qualquer interesse partidário!

Anónimo disse...

e a vergonha já não há??? o paulo rosa era ps e foi eleito preside da aassemblei de santa cruz e depois de meter a ex mulher de secretária deicom os pés.. e o jf que era ps as pessoas nã estam com os olhos fechados e o porta que deixou o pais de pantanas e vem as flores como salvador da pátria não há vergonha. o camarada manel ve bem o paulo da sata que tua ajudaste a entrar a darte com os pés e o ferro velho e familias que dizem se agora todos psd s..

Anónimo disse...

o ps prometeu há 4 anos o a ligação do cabo de fibra optica ás flores e há 8 prometeu o cais de recreio das lages e agora faz as mesmas promessas. não há vergonha

gatunos

farto de mamões... disse...

Quem votar César não deve estar bom da cabeça e para isso há remédio: a Casa de S.Rafel da Terceira.

O César veio todo pimpão às Flores para ver se arranca de cá um deputado, o que vai ser difícil.

Ele está preocupado é com o futuro do filho dele que sem trabalhar até aos 29 anos já quer ser deputado!

O resto é comes e bebes...

Preocupem-se Vs. Exªs. com o futuro dos vossos filhos e da nossa Ilha.

Mais 4 anos de socialismo do Sr.César conjuntamente com o mentiroso do Sócrates seria continuar a cavar um buraco que já vai bem fundo e largo!

Acordem, florentinos!

Votem comunista ou direita, mas votem em gente séria e honesta!

Anónimo disse...

Então quer dizer que por nos identificarmos por uma vez com um partido estamos condenados a pertencer a ele eternamente???!!!Independentemente de todas as asneiras que possam fazer???Também acho engraçado que achem condenável o facto do "paulo da sata dar com os pés" e não o facto do "camarada manel" te-lo ajudado a "entrar"...Interessantes noções de democracia...realmente... temos os políticos que merecemos...

Anónimo disse...

eu sou das lajes e vou votar p.s. que vejo que Carlos Cesar tem feito muito nos açores.avante camarada avante Cesar a luta continua e o povo está comtigo.

Anónimo disse...

Muito teria para para dizer acerca de "votar " Simplesmente digo votem em consciência,mas votem.De facto é necessário, melhorar o nivel de vida desse NOBRE POVO.Para todos vós um abraço com saudade.

Anónimo disse...

Pois é, realmente cada um tem o que merece, quando o senhor José Francisco não está muito preocupado com as eleições, porque já diz que um deputado, o PSD vai meter, e sendo assim já tem o seu lugar assegurado no Parlamento durante dois anos, realmente não dá mesmo vontade nem de ir votar com tanta canalha que há por aí. Agora o mamão que por aqui anda que vá gozando bem os ultimos dias que ainda lhe restam até ao dia 19 porque se é assim tão honesto como faz parecer, vai mesmo ter que se por da rocha abaixo porque o PS vai meter 2 DEPUTADOS, 2 percebeu, e o PS vai ter MAIORIA ABSOLUTA, porque NÂO HÁ alternativa, Não há alternativa, nem a nivel Regional, nem a nivel Ilha. O António Maria já mostrou o que vale e agora com a jogatina que fez com o José Francisco, acabou de perder os poucos créditos que tinha, se é que tinha alguns. O Paulo Valadão também já foi julgado nas ultimas Regionais, e muito bem julgado, e de lá até hoje só fez Merda, fruto da fúria de não ter sido eleito. O Paulo Rosa pode ser muito bom rapaz, mas se quizer fazer alguma coisa na politica terá que trabalhar mais alguns anos e não será sózinho, o cds terá que se organizar melhor e não andar ao sabor do vento como tem sido nos ultimos tempos. Por isso não há alternativa. É certo que os deputados do PS têm sido meninos muito obedientes, e parece que Carlos Cesar gosta que o chateiem, por isso têm que mudar e DEFENDER MAIS a nossa Ilha. Agora não me venham dizer que não há liberdade a varios niveis nesta Ilha. O senhor que se queixou deve ser muito novinho e nunca houviu falar de antes do 25 de Abril. Também por favor não chamem o Ricardo Gomes para cá , como salvador da pátria, não sabem bem o que estão a dizer...

Anónimo disse...

Ò pá tabem que sejas ps mas as obras nas Flores andam ao ritimo do desenvolvimento das Flores a passo de caracol

Anónimo disse...

eu votava ps mas com o manuel h. rosa com a mania que tem eu perco sempre a vontade quando vou votar. se fosse outro que estive-se no ps eu de certeza que votava agora com um maniento destes não chega lá com o meu voto.

Anónimo disse...

o desenvolvimento das flores pasa
tambem pelo povo é preciso trabalhar e arriscar alguma coiza
o governo dá muitos encentivos o trasporte é pago pelo o governo para exportarmos as nossas coizas
mas aonde elas estão vão trabalhar
seus vagabundos mas não é a escrever escrita não dá para exportar o governo quando vem aqui vê as terras tudo a relva deve pensar grandes malandros

Anónimo disse...

Tudo a relva porquê? Politicas do então Secretário da AGRICULTURA, do Governo do PSD. Até mandou arrancar todos os canteiros de estacaria de fruteiras que haviam nos Serviços Agricolas, para dar lugar aos ensaios de pastagens. E isto não foi no tempo do PS, foi no tempo do PSD que já se esqueceu das grandes asneiras que fez quando estava no Governo.

Anónimo disse...

muito bem dito, mas esta calhada ouje em dia querem é empregos do governo não querem trabalho mas eles vão-se encostar para dentro como eu faço que a crise é mundial e eu ainda vou ver estes moinhos a moer milho para se coser pão em casa como antigamente e que era tanto saberoso.

FF disse...

Felizmente existe este blog como forma de desabafo desta gente frustrada !

Em vez de "forum da Ilha das Flores"...se calhar devia ser "Forum da Frustração" !

Pois não ha um...mas mesmo um que seja , que diga uma coisa que se aproveite !

Nelson Fraga disse...

car@ FF (será, por acaso, florentin@ frustrad@??),

ainda bem então que felizmente existe este plural espaço para também você poder vir aqui carpir essa sua tremenda frustração de ninguém dizer "nem uma coisa que seja que se aproveite"... julgo que esse "todo ninguém" @ inclua também a si e aos seus comentários...

Anónimo disse...

por acaso eu votar paulo valadão porque fez um bom trabalho politico e acho que ainda pode dar muito a esta terra

Anónimo disse...

votem nos da terra estes é que sabem quais são os nossos problemas.

Anónimo disse...

Votar Paulo Valadão é dar tiros nos pés. Alguns de vocês só tem má memória para aquilo que lhes convém. Gente ingrata.

Anónimo disse...

Votar Paulo Valadão é perder um voto. Por favor recordem a sua actuação nos ultimos 4 anos e esqueçam que ele existe assim como restante família!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Anónimo disse...

Ao contrário do que alguns comentadores dizem, existe alternativa, esta alternativa é votar em branco. Se o voto branco substituísse a abstenção teria maioria absoluta e assim sim a opinião dos eleitores em relação à classe política existente ficaria bem demonstrada. Por isto apelo a todos os eleitores que não se revêem nestes políticos, votem, votem em branco, mas votem, não lhes dêem a legitimidade de afirmar que são eleitos segundo a vontade do povo. Não votar, não é afirmar uma posição, é simplesmente desistir. Não desistam, votem e afirmem a vossa opinião!

Anónimo disse...

Os Paulos estão fora desta corrida. Valadão e Rosa estão a ver a corrida passar.

Anónimo disse...

Concordo plenamente com o anónimo do dia 9, votem em branco para demonstrarem o forte descontentamento que há em relação aos actuais politicos. Eu também vou votar em branco!!!!

Anónimo disse...

eu não? vou votar ps tem feito muitas obras e vai fazer mais nas flores . avante camarada socialista o povo está comtigo.