sexta-feira, 17 de outubro de 2008

«Preto no Branco» #23

Um Voto bem Florentino

Domingo, o PS deverá ganhar as eleições para a Assembleia Legislativa Regional dos Açores, quer em número de votos expressos, quer em mandatos conferidos, pelo que Carlos César disporá do apoio parlamentar mais que suficiente para formar Governo.

O que é que, desta vez, essa percepção generalizada poderá importar no sentido do voto florentino?

Vejamos:

- Quem é militante ou simpatizante do PS, entende que Carlos César deve continuar a ser o Presidente do Governo Regional, e acha que o PS merece tornar a eleger pelas Flores os (mesmos) dois deputados, então, seguramente, votará no Partido Socialista;

- Quem é militante ou simpatizante do PS, entende que Carlos César deve continuar a ser o Presidente do Governo Regional, mas acha que o PS não merece tornar a eleger os mesmos dois deputados, então, seguramente, poderá optar por não votar no Partido Socialista;

- Quem é militante ou simpatizante do PSD, entende que Costa Neves deve passar a ser o Presidente do Governo Regional, e acha que o PSD merece tornar a eleger um deputado, então, seguramente, votará no Partido Social Democrata;

- Quem é militante ou simpatizante do PSD, entende que Costa Neves não tem hipóteses de ser o próximo Presidente do Governo Regional, e acha que tanto faz o PSD tornar a eleger um deputado ou não, então, seguramente, poderá optar por não votar no Partido Social Democrata;

- Quem é militante ou simpatizante da CDU, entende que a CDU deve estar representada no parlamento regional, e acha que Paulo Valadão merece tornar a ser eleito deputado, então, seguramente, votará na Coligação Democrática Unitária;

- Quem é militante ou simpatizante da CDU, entende que esta força deve estar representada no parlamento regional, acredita que isso vai acontecer (através do Círculo Regional de Compensação), e acha que Paulo Valadão não merece voltar à Assembleia (após lá ter estado durante 4 mandatos, 16 anos consecutivos – 1992/2004), então, poderá optar por não votar na Coligação Democrática Unitária;

- Quem é militante ou simpatizante do CDS, entende que o CDS deve aumentar o número de deputados no parlamento regional, e acha que Paulo Rosa merece ser eleito deputado pela primeira vez, então, seguramente, votará no Centro Democrático Social;

- Quem é militante ou simpatizante do CDS, entende que o CDS deve aumentar a sua representação parlamentar, acredita que isso vai acontecer (através do Círculo Regional de Compensação), e acha que Paulo Rosa, “à primeira vez”, não merece ser eleito deputado, então, poderá optar por não votar no Centro Democrático Social;

- Quem é independente, entende que Carlos César deve continuar a ser o Presidente do Governo Regional, mas acha que o PS deve ser penalizado nas Flores, então, seguramente, poderá optar por votar noutro candidato, de outra força partidária, que não os do Partido Socialista;

- Quem é independente, entende que Costa Neves deveria ser o próximo Presidente do Governo Regional, mas acha que o PSD não merece ser premiado nas Flores, então, seguramente, poderá optar por votar noutro candidato, de outra força partidária que não os do Partido Social Democrata;

- Quem é independente, e entende que o seu voto “não vai pôr nem tirar” Carlos César da Presidência do Governo Regional, acha que os actuais candidatos a deputados pelas Flores, tanto do PS como do PSD, uma vez eleitos, vão continuar a “tocar na orquestra conforme o maestro ordenar”, e que tanto os candidatos da CDU como do CDS, a serem eleitos, (já) não têm, nunca tiveram, ainda não têm, ou não parece que venham a ter “unhas para tocar viola”, então, seguramente, só resta uma alternativa aos florentinos:

Exercer o dever de votar. Revelar, democraticamente, o seu entendimento nas urnas. Manifestar à Região o poder que um e todos os votos expressam, preto no branco.

Sendo que, aqui “o Preto” vai dobrado em quatro, e em Branco!

Ricardo Alves Gomes

6 comentários:

Anónimo disse...

As listas de candidatos do CDS-PP para estas eleições legislativas ficam muito aquém do património politico deste partido.

Até chegam ao cúmulo de escolherem para cabeça de lista do Faial um florentino que até já pertenceu ao PC, para além doutras peripécias...

Anónimo disse...

os 21 querem é mamar

Anónimo disse...

eu era psd mas vou votar ps por ser o partido de todos os portugueses dos açores.

milhafre ocidental... disse...

eu sou do partido republicano (EUA),mas agora vou votar no PDA que é o partido de todos os Açorianos.

Anónimo disse...

este é da flá podes votar á vontade porque este não vai longe.

Anónimo disse...

Comprem o Expresso e leiam "a ilha do homem que compra votos..."